Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 16 Maio |
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Casal de japoneses de 87 anos planta figo no sertão do Ceará

FIGS

Ekaterina Mamontova M2K / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 23/04/21

Desde que se mudaram para o Brasil há 65 anos, Takeo e Nobue Kimura sonhavam em poder retribuir ao país deixando prosperidade na terra

Alguns sonham em se aposentar na praia. Outros, nas montanhas. Já para o casal de produtores rurais japoneses Takeo e Nobue Kimura, ambos com 87 anos, o plano de aposentadoria consistia em percorrer 2.730 km em uma caminhonete, de Taubaté (SP), região onde se estabeleceram em 1956 ao chegarem no Brasil, até Tabuleiro do Norte, no sertão do Ceará, para plantar figo. Como relata reportagem do Diário do Nordeste, antes mesmo de deixar sua Okayama natal, Takeo estabeleceu a meta de um dia poder retribuir o acolhimento trazendo prosperidade ao Brasil. Por isso o casal escolheu cultivar um fruto comum em territórios secos do Japão em meio ao semiárido nordestino. 

Ideal maior

Antes de embarcar para o Brasil, Takeo escutou o conselho de um veterano da Associação Rikkouka, que na época cuidava dos trâmites para emigração. Ele teria dito: “Vocês, japoneses, busquem no Brasil um ideal muito maior do que fazer dinheiro, busquem o ideal de mudar, transformar, lugares e pessoas”. Fernando Yutaka, o filho caçula do casal, diz que por anos Takeo e Nobue “ouviram relatos de que o Nordeste era uma região onde havia muita desigualdade e muitas pessoas pobres, então eles queriam fazer algo para, de alguma forma, mudar essa realidade”. Após décadas de viagens e pesquisas, em 2000 eles optaram pelo sertão do Ceará e só em 2019, três viagens depois e com seus oito filhos já independentes, encontraram a terra que compraram para realizar seu sonho. 

Bodas de platina

Também graças à Associação Rikkouka, Takeo e Nobue se uniram. Antes de emigrar, os jovens japoneses passavam alguns meses em uma espécie de alojamento onde tinham aulas sobre o idioma, a cultura e a vida no Brasil. Nobue ainda era solteira, e foi informada de que só mulheres casadas poderiam ingressar no programa. Ela insistiu, argumentando que os homens solteiros precisariam de mulheres para fazer-lhes companhia e dar-lhes força, e acabou sendo aceita. Lá ela conheceu Takeo, eles começaram a namorar, e antes de embarcar, quando decidiram que iriam se casar aqui chegando, levaram seus respectivos para conhecer suas famílias, a dele em Okayama, a dela em Tóquio. Takeo aportou no Brasil em março de 1956, Nobue dois meses depois e eles se casaram ainda em dezembro daquele ano, de modo que em 2021 completam bodas de platina.   

Legado

Takeo e Nobue completam 65 anos de casados com seu sonho já bem avançado. Menos de dois anos após terem se estabelecido na propriedade em Tabuleiro do Norte, a terra já rendeu 15 mil pés de figo. Comprovando uma constatação de Takeo: “No Brasil não há terra ruim. O que há é terra sem cuidado adequado e falta de dedicação”. No ano que vem, já esperam expandir esses postos de trabalho para 45 mil pés. Cristina, a sexta filha, diz que os planos do casal não param por aí: “Minha mãe visualiza a criação de uma pequena escola para as crianças da região. Já meu pai, quer servir de exemplo para que venham outros empreendedores e unam forças para montarem uma cooperativa de modo a atraírem investimentos e transformarem a região num grande polo de produção de figos e frutas para exportação. Eles sempre reforçam o desejo de retribuir tudo que receberam do Brasil. Querem deixar um legado e ajudar no desenvolvimento da região onde escolheram morar”.

Tags:
solidariedadeTestemunhoTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
3
Nossa Senhora de Fátima pede rezar o terço
Padre Reginaldo Manzotti
As 3 principais atitudes que Nossa Senhora de Fátima nos pediu
4
Soutane de Jean Paul II/attentat
Marzena Wilkanowicz-Devoud
Onde está a batina manchada de sangue de João Paulo II?
5
Nossa Senhora de Akita
Reportagem local
O grave alerta de Nossa Senhora de Akita sobre o maligno infiltra...
6
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: ...
7
FATIMA
Reportagem local
Uma carta da Irmã Lúcia, vidente de Fátima, sobre a grandiosidade...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia