Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Pornografia infantil: polícia derruba uma das maiores redes do mundo

Abuso infantil

© Emin Ozkan/SHUTTERSTOCK

Francisco Vêneto - publicado em 04/05/21

Site com imagens de abuso infantil, principalmente contra meninos, tinha número espantoso de usuários: mais de 400 mil

Pornografia infantil: a batalha contra esse crime doentio e repugnante, ainda perpetrado por centenas de milhares de pessoas, obteve uma importante vitória recente graças à polícia da Alemanha, que, auxiliada por uma equipe de investigadores também da Holanda, Suécia, Austrália, Estados Unidos e Canadá, conseguiu desbaratar um dos maiores sites do gênero no mundo, com mais de 400 mil usuários.

A rede existia desde julho de 2019 e só era acessível na assim chamada “dark web”, de onde o material pornográfico infantil era disseminado mundialmente.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, os policiais investigaram o site e seus responsáveis durante meses até prenderem quatro pessoas. Três dos acusados eram administradores do site: um homem de 40 anos, de Paderborn; um de 49, de Munique; e um de 58, natural do norte alemão, mas residente há muitos anos no Paraguai. O quarto homem tem 64 anos, é de Hamburgo e responderá por contribuição ativa com a rede, já que teria enviado mais de 3.500 fotos e vídeos ao site desde que se tornou seu usuário em 2019.

Pornografia infantil: abuso principalmente contra meninos

O site, de fato, foi projetado para facilitar um livre intercâmbio internacional de imagens de abuso infantil, principalmente contra meninos. Os usuários também conversavam por bate-papo e canais de áudio do próprio site.

Os administradores da rede ainda prestavam instruções aos usuários sobre como navegar pela “dark web” a fim de reduzir ao máximo os riscos de sofrerem monitoramento.

A polícia alemã confirmou que, no material compartilhado, havia “vídeos de abuso sexual contra crianças pequenas”.

Tags:
Abusos SexuaisCriançasPornografiaViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia