Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 29 Janeiro |
Santo Afraates
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre

ARGENTINA

Viral

Esteban Pittaro - publicado em 05/05/21 - atualizado em 05/05/21

As medidas pouco claras das administrações locais argentinas provocam ações policiais como esta

No dia 1º de maio, durante a celebração da Primeira Comunhão na paróquia de Corpus Christi, na cidade de Temperley (Argentina), dois policiais interromperam a missa antes da consagração, exigindo a suspensão da celebração.

O padre Guillermo tentou explicar aos policiais ​​que a legislação permitia reuniões religiosas ao ar livre com até 30% da capacidade do local, medida que estava sendo observada.

O episódio é um retrato fiel do estado de confusão na área metropolitana de Buenos Aires em relação às restrições preventivas para neutralizar o impacto da segunda onda da covid na Argentina.

Confusão em torno das possibilidades

Em 30 de abril, terminou o primeiro decreto presidencial que restringia inúmeras atividades. Entre outras, “todas as atividades esportivas, recreativas, sociais, culturais e religiosas que ocorrem em ambientes fechados.”

No que diz respeito às celebrações religiosas, aquele primeiro decreto restringia-as em espaços fechados, mas não em espaços abertos. Mais tarde, porém, em outro decreto, a Província de Buenos Aires indicou – em regulamento próprio – que eram permitidas celebrações ao ar livre com até 20 pessoas.

Na noite do dia 29, o presidente Alberto Fernández anunciou novas medidas, que consistem basicamente na prorrogação das restrições que vigoravam até o dia 30.

No que diz respeito às celebrações religiosas, o texto nacional permaneceu o mesmo, sem referência às celebrações ao ar livre. Até agora, nenhum novo regulamento local para a província foi publicado.

Quem estava certo?

Os policiais referiram-se a uma proibição presidencial da celebração dos sacramentos que não existe.

Além disso, 1º de maio foi um momento de transição entre as medidas e sua expensão. E como se não bastasse, diante da confusão regulatória, há sinais contraditórios nas ruas.

Um dos comentários feitos contra a polícia durante a missa teve a ver com a falta de controle em La Salada, uma das feiras mais importantes e populares da Grande Buenos Aires.

E além disso, aglomerações de pessoas são vistas diariamente em diferentes locais. E não apenas em torno de espaços comerciais ou de trabalho, mas também em torno de torneios de futebol e outras atividades.

Portanto, mesmo diante da confusão geral sobre o que pode ou não de acordo com as normas vigentes, é surpreendente que tenha se decidido interromper um evento comunitário familiar que obedecia todos os protocolos de distanciamento.

Tags:
CovidPandemiaPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia