Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 21 Setembro |
home iconCultura e Viagem
line break icon

Diários de Franz Kafka ganham edição integral

FRANZ KAFKA

Julie Mayfeng / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 09/05/21

Compilação, publicada pela primeira vez na íntegra no Brasil, revela o dia a dia do escritor de 1909 a 1923

Nascido em 1883, época em que a sua Praga natal ainda fazia parte do Império Austro-Húngaro, Franz Kafka viveu até 1924 (ano em que morreu de tuberculose a exato um mês do seu aniversário de 41 anos) sem saber que se tornaria um dos maiores escritores de todos os tempos. Para leitores mais assíduos do autor, a editora Todavia lançou nesta sexta (7) o livro Diários – 1909-1923, edição que reúne todos os 13 cadernos com seus escritos cotidianos, com tradução de Sergio Tellaroli, especialista em alemão e responsável por verter outros autores célebres para o português, como Arthur Schnitzler. A capa é de Tom Gauld, cartunista do New York Times.

Pela primeira vez

Trata-se da primeira compilação publicada no Brasil com todos os diários resgatados e organizados por Max Brod, amigo íntimo do autor; a da editora gaúcha L&PM, de 2019, por exemplo, vai até 1912; a nova, da Todavia, com 576 páginas, abrange até os últimos meses em que o autor austro-húngaro ainda tinha forças para escrever, antes de morrer de fome em 1924 por conta de sua tuberculose, cuja inflamação tornava muito difícil para ele comer. Mesmo nesses escritos despretensiosos, o autor atinge a excelência literária, no que o escritor argentino Ricardo Piglia definiu como o “laboratório do escritor”. Também é o único documento existente de como era o dia a dia do escritor dos 26 anos até sua morte, a um mês de completar 41. 

“Schmerz kafkiano”

Os diários captam não só o niilismo, a prostração, o desespero e a melancolia com que o escritor atravessava os dias, o famoso “Schmerz kafkiano” – muito presente na obra do autor –, suas atividades culturais e reflexões sobre a arte, suas observações sobre o mundano, seu sarcasmo diante de fatos históricos e confidências de sua vida pessoal, como retratam a batalha interior de Kafka para se tornar escritor. A disputa com o relógio para conseguir escrever fora do expediente como servidor, com a depressão que o puxava para a cama e, principalmente, com a autocrítica. Ele escreve sobre O Processo, que nem podia imaginar que viria a integrar o cânone do modernismo alemão: “Fiquei malogrado de um capítulo; de outro capítulo, que comecei bem, dificilmente vou conduzir adiante tão bem, ou, antes, tenho certeza de que não vou conseguir”. 

Sem tempo para o “chamado”

Formado em direito, Franz Kafka ganhava a vida trabalhando em uma companhia de seguros, queixando-se que não tinha tempo suficiente para se dedicar à literatura, o que considerava seu “chamado”. “Tudo que não é literatura me entedia e eu detesto”, escreveu. Publicou em vida apenas as coletâneas Considerações e Um Médico Rural, além de contos como A Metamorfose, que se tornaria uma de suas obras mais célebres, em revistas literárias da época. E se hoje temos romances consagrados como América, O Castelo e O Processo, isso se deve ao seu amigo e leitor mais cativo, Max Brod, que, contrariando as recomendações de Kafka, não queimou seus manuscritos após a morte do escritor. Também graças a ele que agora podemos ler Diários – 1909-1923

Tags:
ArteLivros
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
3
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
7
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia