Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Cristo Redentor ganhará Via Sacra já neste ano

Cristo Redentor

Donatas Dabravolskas | Shutterstock

Reportagem local - publicado em 13/05/21

Iniciativa reforçará que não se trata apenas de um "ponto turístico", mas de um monumento eminentemente católico

Cristo Redentor ganhará Via Sacra como parte das comemorações pelos 90 anos da sua inauguração: as 14 estações que recordam a Paixão e Morte de Jesus Cristo deverão estar instaladas junto ao monumento até o final deste ano.

A iniciativa será executada em parceria entre a Arquidiocese do Rio de Janeiro e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Desde a assinatura do contrato, em fevereiro, equipes de trabalho têm realizado os estudos necessários para definir o percurso da Via Sacra, bem como a sinalização que deve compor o trajeto.

Cristo Redentor

A estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro tem 30 metros de altura e se assenta sobre um pedestal de mais 8 metros, o que faz com que a altura do monumento como um todo some 38 metros. Inaugurado em 1931, o Cristo Redentor se localiza no topo do morro do Corcovado, dentro do Parque Nacional da Tijuca.

A partir desse ponto, situado 709 metros acima do nível do mar, tem-se uma vista panorâmica das mais emblemáticas do Brasil e uma das mais belas do mundo, segundo pesquisas de diversas agências e veículos de comunicação a respeito de lugares e paisagens destacados.

Cristo Redentor

De fato, o Cristo Redentor foi eleito em 2007 como uma das novas 7 maravilhas do mundo. No ano seguinte, o Iphan o inscreveu no Livro do Tombo Histórico. Em 2012, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) o incluiu na lista de Patrimônios da Humanidade.

Com a nova iniciativa da arquidiocese do Rio, o Cristo Redentor ganhará a Via Sacra já neste ano, o que reforçará o fato de que não se trata prioritariamente de um “ponto turístico”, e sim de um monumento eminentemente católico.

Via Sacra

A Via Sacra, ou Via Crúcis, é uma antiga tradição da Igreja que remonta ao século IV, quando os cristãos se dirigiam em peregrinação à Terra Santa e lá percorriam os lugares sagrados da Paixão de Cristo, ao longo da Via Dolorosa, em Jerusalém.

Visando proporcionar a todos os cristãos a oportunidade de refletir e contemplar os passos de Jesus entre a condenação à morte e o sepultamento, foi sendo gradualmente desenvolvida a prática devocional de percorrer essas etapas junto a estações indicativas instaladas junto a igrejas, oratórios, monumentos cristãos…

via crucis universidade s tomas aquino

O número de etapas da Via Sacra também foi sendo definido ao longo do tempo, até chegarmos, no século XVI, ao atual formato de 14 estações.

O Papa São João Paulo II sugeriu uma 15ª estação: a ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. De fato, a contemplação da Ressurreição acrescenta à Via Sacra o seu sentido mais profundo, já que a nossa fé não teria sentido se tudo tivesse acabado no sepultamento de Jesus.

Os fiéis, no entanto, têm a opção de acrescentá-la ou de ater-se especificamente à contemplação apenas da Paixão e Morte, que são o tema tradicional da Via Crúcis (“Caminho da Cruz”, em latim). A tradição de finalizar a Via Crúcis no sepultamento de Jesus tem relação com o fato de que esta prática devocional é característica principalmente da Quaresma, período litúrgico em que se aguarda a Páscoa para poder finalmente celebrar a vitória de Cristo na Ressurreição.

Cristo Redentor ganhará Via Sacra já neste ano
Leia também:
Tags:
CristianismoCruzEspiritualidade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia