Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Cultivando os dons do Espírito Santo no dia a dia: a ciência

shutterstock_776650114.jpg

Valenty I Shutterstock

Isabelle De Ché - publicado em 19/05/21

O dom da ciência envolve o reconhecimento da criação como meio para a contemplação de Deus

É um ensinamento de física ou química? O Espírito Santo nos ajudaria a descobrir o que está acontecendo em Marte? Nada disso. Mais seriamente, o dom da ciência vem “para nos levar a apreender, por meio da criação, a grandeza e o amor de Deus e sua relação profunda com cada criatura”, explica o Papa Francisco. 

De fato, se resistimos a admirar o pôr-do-sol ou uma cordilheira coberta de neve, talvez nem sempre reconheçamos a obra de Deus neles. No entanto, o dom da ciência nos dá precisamente essa capacidade de tomar consciência da criação, das criaturas e do criador como tal. Para o Irmão Pierre-Yves Noyer, da comunidade Croix Glorieuse de Toulouse, na França, “este dom nos torna conscientes da diferença entre o Criador e a criatura. Isso cria uma espécie de distância entre os dois seres, que se reflete na gratidão”. 

O dom da ciência e a maravilha da criação

Este religioso diz ter recebido este dom durante uma caminhada em um vale perdido. Maravilhado com as montanhas e a exuberante flora da primavera, recebeu uma luz em seu coração e percebeu que Deus estava presente em todos os lugares naquele preciso momento. 

Também é possível testar o dom da ciência em outras circunstâncias. Para o Santo Padre, “é a sensação que sentimos também quando admiramos uma obra de arte ou qualquer outra maravilha fruto do gênio e da criatividade humana”.

Na verdade, o dom da ciência não tem limite. Aplica-se em particular ao reconhecimento da presença de Deus no riso das crianças ou numa troca profunda entre pares. 

Uma doação que envolve

Graças ao Espírito da ciência, um gerente, por exemplo reconhece o talento de seus colaboradores como um presente de Deus. Ele, portanto, se compromete a respeitar seus talentos e torná-los frutíferos. 

Além disso, o homem, tendo percebido de Deus que é o ápice da criação, encontra seu lugar de direito em relação aos animais. Cabe-lhe também assumir plenamente o seu papel de guardião da criação, utilizando-a e mantendo-a com respeito. 

Por fim, um equilíbrio justo é estabelecido entre os homens, tornando-os complementares entre si. O dom da ciência evita “a tentação de parar nas criaturas, como se elas pudessem oferecer a resposta a todas as nossas expectativas”, especifica o Papa Francisco.

Tags:
Dons do Espírito SantoEspírito Santo
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia