Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 14 Junho |
Santo Eliseu
home iconEstilo de vida
line break icon

5 causas de crise no casamento e como superar

WALKA O ZWIĄZEK

fizkes | Shutterstock

Mercedes Honrubia García De La Noceda - publicado em 21/05/21

Quando o casamento estiver passando por uma fase difícil, fique de olho nessas possíveis causas

Até certo ponto, todos nós estamos cientes das circunstâncias externas que podem afetar o relacionamento de um casal. Tais circunstâncias não dependem de nós. No entanto, também existem fatores internos, ou seja, fatores pessoais do casal, que podem levar a uma crise no casamento. É importante saber identificá-los e como agir para superar a situação.

Psicólogos e consultores matrimoniais são testemunhas de quantas vezes esses problemas são causados pelo temperamento do cônjuge.

Esta é uma lista resumida das causas das crises internas que vejo com mais frequência no meu trabalho de aconselhamento de casais que estão passando por situações difíceis.

1. Falta de autoconhecimento

Em primeiro lugar, a falta de autoconhecimento afeta diretamente não apenas a relação que se tem consigo mesmo, mas também como você se relaciona com os outros.

Se eu me conheço bem e tenho consciência das minhas virtudes e defeitos, serei capaz de me aceitar e me amar como sou. Dessa forma, também serei capaz de conhecer melhor a pessoa ao meu lado e aceitá-la como ela é. Ninguém é mais importante do que ninguém em um relacionamento.

O conceito que temos de nós mesmos determinará a maneira como agimos em nossa casa e em relação a pessoas fora de nossa família. Uma autoimagem ruim pode levar ao ciúme, o que é um reflexo da insegurança.

2. Falta de autoestima

Um relacionamento ruim com nossos pais na infância ou adolescência pode impedir, atrasar ou atrapalhar nosso processo de amadurecimento, e levar ao egocentrismo, que pode ser a causa de muitas dificuldades em um casal ao se comunicar e tomar decisões.

Geralmente, esse tipo de pessoa tem um estilo comunicativo imaturo (agressivo ou inibido), às vezes criando conflitos com o cônjuge, muitas vezes entrando em discussões, levando eventualmente ao distanciamento entre os cônjuges.

3. Perfeccionismo

Perfeccionismo é a atitude de que tudo deve ser feito do jeito que eu faço, porque é o caminho certo e, afinal, o único caminho. Se procurarmos impor nosso perfeccionismo em um relacionamento, só conseguiremos alienar a outra pessoa de nós mesmos e do que fazemos. Nossas exigências não serão razoáveis, porque não é realista esperar alcançar o grau de perfeição que almejamos e exigimos dos outros.

4. Perda de confiança

A perda de confiança pode ser causada por falta de transparência, engano, ocultação ou silêncio por parte da pessoa que amamos. E isso faz com que todos os alarmes toquem. Essa situação, aliada à baixa autoestima, pode nos fazer desconfiar do outro.

5. Não saber como estabelecer limites

Não saber estabelecer limites, não saber dizer “não” a situações específicas ou obrigações mal compreendidas, é um problema real. Podemos ter dificuldade em dizer “não” não apenas em relação a coisas externas ao casal, mas também entre nós mesmos. Isso cria uma situação de desgaste em um nível pessoal que acaba repercutindo em nosso relacionamento como casal e, claro, em toda a nossa relação familiar.

Superar

Problemas dos tipos citados acima nos mostram a importância de cultivar sempre um relacionamento saudável, buscando ajuda e apoio sempre que necessário. E para superar essas crises internas ao casamento, precisamos especialmente mudar nossa percepção.

Primeiro devemos mudar nossa percepção de nós mesmos, nosso eu interior, para que nos reconheçamos como criaturas amadas por Deus e chamadas a realizar nossa vocação na vida ao máximo.

Então, temos de avaliar criteriosamente para saber identificar as questões de temperamento e trabalhá-las da melhor forma possível. Aceitando, mas também tentando melhorar, nossas tendências de temperamento – e isso também por parte do nosso cônjuge – teremos condições de fortalecer o casamento e ter uma vida íntegra e plena.

Tags:
CasamentoRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
3
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
4
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
5
Histórias com valor
Após coma, menino deixa a mãe aterrorizada ao dizer que conheceu ...
6
Reportagem local
Papa Francisco explica quais são os piores inimigos da oração
7
PASSION OF THE CHRIST
Cerith Gardiner
7 provações e tribulações que Jim Caviezel enfrentou ao interpret...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia