Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 24 Setembro |
home iconEstilo de vida
line break icon

O que é e como lidar com o vazio existencial

DEPRESSION,

Marjan Apostolovic | Shutterstock

Talita Rodrigues - publicado em 07/06/21

Muitas pessoas vivem um vazio sem nome, sem cor, sem motivo. E a única coisa que ele traz é dor e questionamentos. A boa notícia, entretanto, é que os vazios existenciais não duram para sempre

Hoje, uma paciente me perguntou assim: “Como é que eu faço para entender esse vazio que não acaba?”

Pois bem. Pensei muito antes de respondê-la. Eu queria mesmo, de todo o coração, ter uma resposta que acalentasse o seu coração. Mas a questão é que vazio não se entende. Vazio se vive. Por mais que quisesse – e eu gostaria muito – de ter uma explicação lógica ou teórica sobre o vazio que ela estava sentindo naquele momento, eu não pude respondê-la.

A noite escura da alma

Comparo aqui o vazio com a chamada “Noite escura da alma”, assim como Santa Faustina viveu e relatou em seu diário. Deus permite desertos e noites escuras em nossas vidas. E geralmente, na atualidade, chamamos isso de vazio. As pessoas vivem um vazio sem nome, sem cor, sem motivo. E a única coisa que ele traz é dor e questionamentos como este.

Viver um vazio ou uma noite escura de alma – como queira chamar – exige coragem. Porque sim, só quem já passou por isso e ainda passa, é capaz de tentar mensurar e entender a dor, os tons de cinza que a vida reflete e a falta de sentido que habita dentro do coração. 

Como viver com o vazio existencial

Apesar de tudo isso, de tudo que o vazio pode representar, eu arrisco dizer aqui: primeiramente eu compreendo o quão difícil é viver com este vazio ou passar por noites escuras de alma. Contudo, este vazio só vai terminar quando você estiver disposto a encará-ló, vivê-lo e deixar que ele fale através do silêncio ensurdecedor da alma que ele causa. 

Vazios não duram para sempre. Noites escuras de alma também não. Seja corajoso(a)! E não se esqueça: para tudo um propósito, para tudo as mãos de Deus sobre você.

Quer ler mais conteúdos como esse? Clique aqui e siga Talita Rodrigues no Instagram

Tags:
DepressãoPsicologiaSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
2
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
3
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel presta uma homenagem eletrizante a Maria
4
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
5
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
6
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
7
Oração católica para pedir chuva
Reportagem local
Existe oração católica para pedir chuva? Sim, e aqui vai ela
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia