Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

O vinhedo papal mais antigo mistura caridade com vinho premiado

barroux_103.jpg

Via Caritatis

J-P Mauro - publicado em 15/06/21

A pandemia mundial atingiu a Abadia de Le Barroux e os agricultores locais, mas agora eles estão prontos para se recuperar com uma campanha de caridade

No vale do Rhône, na França, fica o vinhedo papal mais antigo. Plantadas pelo Papa Clemente V, em 1309, as vinhas da Abadia de Le Barroux produzem vinhos de alta qualidade por mais tempo do que a maioria das operações comerciais que as cercam. Entretanto, a operação entrou em risco por perdas de receita durante a pandemia mundial de Covid-19.

Agora, os monges e freiras de Le Barroux lançaram uma campanha para ajudar a aumentar as vendas. Segundo a agência CNA, a meta é vender 15 mil garrafas do vinho Via Caritatis no mês de junho. As receitas sustentam a comunidade monástica, mas também cerca de 80 famílias de produtores de vinho locais que são parceiros da abadia . 

A comunidade vinícola

O fato de esses vinhedos locais administrados por famílias ainda estarem à tona deve-se, em parte, à abadia. Nos últimos anos, a abadia tem trabalhado em estreita colaboração com essas famílias locais, misturando suas uvas com as do vinhedo Barroux. E vários vinhos que nasceram dessa parceira ganharam prêmios. 

A agência CNA falou com o Pe. Michael, um sacerdote nascido nos Estados Unidos que viveu e trabalhou no vinhedo Le Barroux por 30 anos. Ele observou que os agricultores locais produzem uvas de alta qualidade, mas nunca receberam o reconhecimento que merecem. Disse ele:

“Essas famílias ao nosso redor faziam bons vinhos, principalmente porque temos o solo que é capaz de produzir um grande vinho. O mosteiro foi capaz de investir e ajudar essas famílias vinicultoras a saírem de um situação da qual, sozinhos, acho que eles jamais seriam capazes de sair. ”

A caridade

O vinho ajuda a sustentar as comunidades monásticas e seculares do Vale do Rhône, mas elas vão além disso. Fiel à regra de São Bento , a Abadia de Le Barroux doa uma parte de seus ganhos para os pobres . Foi em referência à sua natureza caridosa que eles escolheram o nome de Via Caritatis, ou “Caminho do Amor”. 

Sobre a relação entre o vinho e a caridade cristã, Pe. Michael refletiu: 

“Se Cristo escolheu o vinho para se transformar em seu sangue, é por alguma razão. Portanto, o vinho é algo material, mas, pelo exemplo de Cristo, pode se tornar algo espiritual. ”

Como parte de sua campanha para aumentar as vendas, a Abadia de Le Barroux fez uma parceria com a Fundação São Padre Pio. O acordo enviará 10% da receita de cada venda para apoiar a fundação. Um adicional de 10% pode ser descontado do preço com um código promocional. Dos 80% restantes, uma parcela ainda será doada para os pobres, seguindo o costume da abadia. 

Visite o site da Via Caritatis para saber mais sobre o vinho exclusivo e de alta qualidade da abadia.

Visite a Fundação São Pio para apoiar a campanha de caridade da abadia. 

Tags:
HistóriamongesPapa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia