Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho e a convivência entre católicos e evangélicos: discordar, mas como irmãos

Padre Zezinho

Pe. Zezinho / Nicolaes Maes ("Jesus abençoa as crianças"), domínio público

Reportagem local - publicado em 01/07/21

"Ainda precisamos nos ouvir mais. Irmãos, acho que já somos"

O padre Zezinho publicou em sua rede social o seguinte depoimento sobre a convivência entre católicos e evangélicos, a partir da sua experiência pessoal:

“Para mim, os três são meus irmãos, mas divergimos sobre muitos dogmas e também sobre a pessoa de Maria, a mãe de Jesus.

Um diz que Maria teve outros filhos com José e que apenas um deles é o Filho de Deus que se encarnou quando ela era Virgem.

Outro diz que Maria ainda não está no céu porque está dormindo o sono dos justos, já que ainda ninguém chegou ao céu. Ele espera o toque da trombeta celestial.

O terceiro crê que a mãe de Jesus está no céu e que ela pode interceder por nós, agora ainda mais, porque ela viveu com Jesus por mais de trinta anos. Se alguém era fiel a Jesus, este alguém era ela. Ele admite que Maria foi a primeira cristã da História”.

A convivência entre católicos e evangélicos

O sacerdote prosseguiu:

“Há interpretações de dogmas e doutrinas nas quais discordamos. Por isto não somos da mesma Igreja. Mas somos irmãos, mais antigos ou mais recentes.

Vejo o respeito que há entre muitos pregadores que discordam sem deixar de ser irmãos!

E isto já é um grande progresso! Há menos de 50 anos, o clima era mais conflituoso. O esforço de Papas, bispos de várias igrejas, padres, pastores e irmãs em diálogo criou a boa vontade que hoje reina em várias igrejas.

Mas ainda precisamos nos ouvir mais. Irmãos, acho que já somos”.

É possível, afinal, ir além da convivência entre católicos e evangélicos e chegar até mesmo ao casamento! E neste caso, que tipo de casamento será esse? Confira no próximo artigo:

Tags:
CatólicosevangelicosPadresReligião
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia