Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 01 Agosto |
home iconReligião
line break icon

Quando os católicos começaram a se confessar antes da Missa?

CONFESSION

Di PIGAMA|Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 02/07/21

A Didaqué já ensinava claramente que quem desejasse receber a comunhão deveria se confessar primeiro

A celebração da Missa começou com a Última Ceia e continuou com os primeiros discípulos de Jesus. Este “partir o pão” está em várias cartas do Novo Testamento, mas também em um antigo documento, que recebeu o nome de Didaqué.

De fato, Didaqué é uma coleção antiga de escritos que a maioria dos estudiosos data do primeiro século. Alguns até alegaram que pode ser datado de 48 DC, com base na evidência de ele ter sido escrito antes do Concílio de Jerusalém.

Didaqué detalha vários aspectos da celebração precoce da Missa, como a exigência de receber a sagrada comunhão:

Mas todos os dias do Senhor, ajuntem-se, partam o pão e dêem graças depois de confessar suas transgressões, para que seu sacrifício seja puro. Mas ninguém que esteja em desacordo com o seu próximo venha junto com você, até que eles se reconciliem, para que o seu sacrifício não seja profanado. Pois isto é o que o Senhor falou: Em todo lugar e tempo oferece-me um sacrifício puro, pois eu sou um grande Rei, diz o Senhor, e meu nome é maravilhoso entre as nações.

É claro nesta passagem que a confissão dos pecados era uma parte essencial da participação na missa e do recebimento da sagrada comunhão.

Confissão de pecados graves

A Igreja Católica tem mantido esta posição, explicando que o pecado mortal nos proíbe de receber a comunhão. Diz o Catecismo:

“Aquele que tem consciência de haver cometido um pecado mortal, não deve receber a sagrada Comunhão, mesmo que tenha uma grande contrição, sem ter previamente recebido a absolvição sacramental; a não ser que tenha um motivo grave para comungar e não lhe seja possível encontrar-se com um confessor.” (CIC 1457)

Os pecados veniais não precisam ser confessados ​​antes da comunhão.

Os primeiros cristãos sabiam que antes de podermos ser unidos a Deus na santa comunhão, devemos primeiro nos reconciliar com ele.

Tags:
História da IgrejaIgreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
3
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia