Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Os Papas e o Hospital Gemelli

Hospital Gemelli em Roma

Ma. Paola Daud

Vatican News - publicado em 09/07/21

Francisco é o segundo Papa a ficar internado no hospital, cujas origens estão ligadas a outro Pontífice

“Agradeço a este ‘Vaticano número três’, a este Hospital Gemelli por todo o bem que aqui encontrei, nos professores, nos médicos, nas irmãs e em todos os profissionais da saúde”. Papa Wojtyla explicava que o hospital tinha se tornado um “Vaticano número três”, cunhando esta expressão e olhando pela janela de seu quarto do hospital, “porque o ‘Vaticano número um’ é a Praça São Pedro” e “o número dois é Castel Gandolfo”. Quando João Paulo II pronunciou estas palavras, depois do Angelus de 13 de outubro de 1996, não era a primeira vez que tinha sido internado no hospital romano. A primeira vez tinha sido 15 anos antes, em 1981, quando foi levado em circunstâncias dramáticas após o atentado na Praça São Pedro. Depois disso foi internado outras vezes, antes e depois de 1996.

João Paulo II e o Hospital Gemelli

De 1981 a 2005, com dez internações e três consultas, marcam a “história” de São João Paulo II no Hospital Gemelli que está unido à Universidade Católica. Ele visitou o hospital em três ocasiões: em 1984 quando celebrou a missa na praça em frente ao hospital pelo 25° aniversário da morte do Padre Agostino Gemelli e pelo 20° aniversário da fundação do hospital com o seu nome. Novamente, em 1988 abençoou a nova unidade de Terapia intensiva cardíaca e em 2000, no auditório da Faculdade de Medicina de Roma, participou da inauguração do ano acadêmico 2000-2001 da Universidade Católica.Ouça e compartilhe!

História do hospital está ligada a um Papa

A ligação entre os Pontífices e o Hospital Gemelli se desenvolveu ao longo do tempo, tanto antes como depois do pontificado de João Paulo II. A história do Hospital Universitário Agostino Gemelli, um centro de excelência em saúde, tem raízes antigas. Foi quando Pio XI, em 1934, doou 37 hectares na colina de Monte Mario para a fundação da Faculdade de Medicina da Universidade Católica do Sagrado Coração.

Em 1961 São João XXIII inaugurou a Faculdade de Medicina. Três anos mais tarde, o Hospital acolhia seus primeiros pacientes e foi oficialmente inaugurado em 10 de julho de 1964. Também foi visitado por Paulo VI e Bento XVI porém não como pacientes.

Em 17 de junho de 1976, por ocasião da festa de Corpus Christi, o Paulo VI celebrou a missa na praça em frente ao hospital, na sua homilia disse: “hoje vim a esta cidadela de estudos de saúde, de tratamentos próprios da ciência médica, de sofrimentos humanos aqui reunidos na experiência comum da dor humana e na esperança de encontrar em tudo isso sentido e remédio”.

Após sua eleição como Pontífice, Bento XVI, encontrou-se várias vezes com comunidade da Faculdade de Medicina e do Hospital Gemelli. Por exemplo, foi ao Hospital para visitar seu irmão Georg hospitalizado, bem como para a inauguração do ano acadêmico 2005-2006 da Universidade Católica, no auditório da Faculdade de Medicina.

Papa Francisco

Agora o Papa Francisco é o segundo Pontífice a ser internado no Hospital Gemelli. O Papa foi internado no domingo, 4 de julho de 2021, para uma cirurgia programada no cólon. Uma parte do décimo andar, o mesmo andar onde João Paulo II foi internado, ficou reservada para o Papa.

A história que liga João Paulo II a este hospital é também testemunhada “visualmente” pela sua estátua, de mármore Carrara realizada pelo escultor toscano Stefano Pierotti colocada na praça em frente à entrada principal do hospital desde 2009.

Statue John Paul II Rome

Por Debora Donnini, do Vatican News

Tags:
PapaPapa Franciscoroma
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia