Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
home iconEspiritualidade
line break icon

Como São Padre Pio respondeu quando o Vaticano o silenciou

PADRE PIO

Julian Kumar | Godong

Philip Kosloski - publicado em 15/07/21

São Padre Pio foi proibido de celebrar a missa publicamente e até de dar orientação espiritual aos seus seguidores

Muitos duvidavam dos estigmas milagrosos de Padre Pio e de toda a atenção que ele estava recebendo dos milhares de peregrinos que se aglomeravam em seu mosteiro.

Alguns, no Vaticano, temiam que a fama de Padre Pio fosse baseada em uma mentira e que as pessoas estivessem seguindo um falso profeta.

Eles lançaram várias investigações e até plantaram aparelhos de escuta secretos para ouvir suas conversas.

Existiam, de fato, pessoas empenhadas em prender o Padre Pio e que insistiam que ele estava enganando a todos e levando uma vida dupla.

Isso culminou em um esforço para transferir o amado frade para um mosteiro diferente e proibi-lo de agir como sacerdote em público.

Multidão furiosa em defesa do Padre Pio

A população local ficou furiosa quando soube da possível transferência. De acordo com a biografia  Padre Pio: The True Story  publicada por Our Sunday Visitor , “Por volta das 22h, uma multidão furiosa desceu para o convento”.

Eles bloquearam a porta de um padre que todos acreditavam que levaria o Padre Pio embora.

A multidão não foi embora até que o Padre Pio lhes pediu:

“Meus filhos abençoados … Agora, imploro que me escutem, como sempre fazem, e voltem para suas casas sem fazer mal a ninguém ”.

Isso deixou claro para os oficiais da Igreja que a transferência de Padre Pio não seria fácil. Em vez disso, o Vaticano decidiu removê-lo da vida pública.

O Padre Pio deve ser despojado de todas as faculdades do seu ministério sacerdotal, exceto a faculdade de celebrar a Santa Missa, que pode continuar a fazer, desde que seja feita em privado, dentro das paredes do convento, na capela interna, e não publicamente na igreja .

A resposta do Padre Pio

Foi uma cruz difícil para ele carregar, mas ele obedeceu e se submeteu ao decreto.

O superior do mosteiro leu o decreto ao Padre Pio e o santo frade respondeu:

“ Seja feita a vontade de Deus … A vontade dos superiores é a vontade de Deus ”.

Padre Pio passaria os próximos anos em silêncio, celebrando a Missa em particular e não aceitando visitantes.

Ele não conseguia nem escrever para seus filhos espirituais.

Filho humilde e obediente

Durante esse tempo, muitos saíram em defesa do Padre Pio, apresentando petições, escrevendo cartas e até publicando livros.

O Padre Pio ficou horrorizado com a reação e exortou-os a parar, escrevendo ao bispo local para afirmar a sua dissociação com eles:

Devo repetir que estou muito enojado com o comportamento indigno de certos falsos profetas que falam em meu nome … eles deveriam parar com essa propaganda falsa e indigna, mas, ao invés disso, eles têm seguido em seu fanatismo mórbido, não se importando com a autoridade suprema da igreja.

Volto-me, portanto, como filho muito humilde e totalmente obediente à Igreja Católica … Com profunda humildade beijo o vosso anel sagrado e declaro Vossa Excelência o vosso humilde e obediente filho.”

Embora as acusações feitas contra ele fossem falsas (e ele acabaria por ser autorizado a ministrar sem restrições), Padre Pio submeteu-se ao decreto e permaneceu em silêncio, confiando no plano providente de Deus.

Tags:
Padre Pio
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia