Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 28 Junho |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Fundado o primeiro mosteiro católico no Tajiquistão, país com 120 fiéis

Lago-Karakul-no-Tajiquistao.jpg

БорисМир, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Lago Karakul, no Tajiquistão (imagem meramente ilustrativa do país)

Francisco Vêneto - publicado em 22/07/21

O país, que pertencia à extinta e ateia União Soviética, conta agora com 7 freiras e 2 padres

Acaba de ser fundado o primeiro mosteiro católico no Tajiquistão, um país de 9 milhões de habitantes e somente 120 fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana.

O Instituto do Verbo Encarnado é a família religiosa responsável pelo novo mosteiro de vida contemplativa no território desse país da Ásia Central, cuja população é majoritariamente muçulmana. O mosteiro é dedicado a São João Paulo II.

O Tajiquistão conta com a presença da Igreja Católica desde o final da década de 1970, quando o país fazia parte da hoje extinta União Soviética. O regime comunista, ferozmente ateu, impedia a prática pública da fé e considerava a religião um veneno, mas, por coisas da Providência, esse mesmo regime acabou favorecendo a chegada do catolicismo àquela região: os primeiros padres e leigos católicos foram enviados para lá como deportados.

O pe. Pedro López, que está a serviço pastoral da pequena comunidade católica tajique, assim declarou sobre o novo mosteiro:

“Ele tem um significado muito importante, porque são religiosas rezando pelos frutos dos apostolados em que estamos trabalhando. E é muito oportuno nesses tempos de conflito. É um privilégio muito grande”.

Primeiro mosteiro católico no Tajiquistão

Na fundação do mosteiro, a Celebração Eucarística foi presidida pelo pe. Jerzy Maculewicz, administrador apostólico do vizinho Uzbequistão. Houve também uma tocante procissão com a imagem de Nossa Senhora de Luján, padroeira da Argentina, que foi entronizada no edifício do mosteiro. O pe. López comenta:

“Foi emotivo porque não são coisas que costumamos ver nestes países. Não há proibições explícitas, mas não é costume haver manifestações públicas da fé [cristã]”.

O novo mosteiro conta com quatro religiosas do Instituto do Verbo Encarnado, procedentes do Uzbequistão, do Paraguai e da Argentina. O edifício se localiza junto a uma das únicas duas igrejas católicas existentes no país: trata-se de uma paróquia dedicada a São José.

Além das quatro religiosas contemplativas recém-chegadas, a comunidade católica local inclui outras três freiras de vida ativa e dois sacerdotes.

Tags:
comunismofreirasIgreja CatólicaPadresVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia