Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 19 Setembro |
Santos Mártires coreanos (AndréKim Taegon, Paulo Chong Hasang e 101 companheiros)
home iconCuriosidades
line break icon

5 curiosidades sobre o catolicismo que talvez você não saiba

Antoine Taveneaux-(CC BY-SA 3.0)

Daniel R. Esparza - publicado em 27/07/21

De bênçãos específicas para queijos a perfumes criados por acidente em mosteiros: a tradição católica tem sido berço de invenções que você nem imagina

Existem curiosidades sobre o catolicismo que nem todos sabem. Por exemplo, na maioria das vezes, a Igreja Católica é chamada de Igreja Católica Apostólica Romana. Existem várias razões históricas diferentes para isso. No entanto, a denominação é de alguma forma enganosa – a Igreja Católica está longe de ser exclusivamente romana. É composta por 24 igrejas particulares, sendo a igreja latina romana, a maior de todas.

A palavra “católico” significa literalmente universal no grego original – katholikos. O termo foi usado pela primeira vez em uma carta enviada por Santo Inácio de Antioquia por volta do ano 110, e então repetidamente incluída por outros primeiros padres em vários textos, cartas, sermões e palestras catequéticas diferentes, como as de São Cirilo de Jerusalém. 

Foi finalmente usado formalmente e com autoridade para se referir ao Cristianismo como a religião oficial do Império Romano, tanto oriental quanto ocidental, com o edito De Fide Catholica de Teodósio , publicado no ano 380.  

Em suma, o catolicismo está longe de ser uma tradição homogênea. É bastante multifacetado, rico, muitas vezes diferente. Todas as 24 igrejas que o compõem têm tradições litúrgicas, espirituais, teológicas e canônicas distintas que foram preservadas e transmitidas de geração em geração. 

É um patrimônio bastante complexo que, apesar (ou talvez por causa) de sua diversidade, é considerado universal – literalmente, católico – por aqueles que dela compartilham. Não é de se admirar, então, que existam coisas que talvez não saibamos sobre isso. Aqui, gostaríamos de compartilhar 5 curiosidades sobre o catolicismo que talvez você não saiba.

1. As universidades são uma invenção católica

O sistema universitário como o conhecemos surgiu na Europa, em torno do que então se chamava “escolas catedrais”: academias, geralmente anexadas a um mosteiro ou catedral, para clérigos que estudariam direito canônico, teologia e filosofia. Em breve, essas escolas abriram suas portas para os leigos, tornando-se centros de alfabetização, concedendo os mesmos graus que ainda hoje temos (bacharelado, mestrado e doutorado).

UNIVERSITY OF BOLOGNA
Universidade de Bologna, fundada em 1088.

2. Monges ajudaram a criar a indústria de perfumes por acidente

Alguns anos depois da conclusão do Mosteiro dos Cartuxos de São Giacomo (século XIV), o prior surpreendeu-se com a notícia de que a rainha que doara o terreno para a construção, iria fazer uma visita oficial ao lugar. Para recebê-la, ele correu para fazer um arranjo com as flores mais lindas da ilha.

Assim que a rainha foi embora, quando as flores deveriam ser jogadas fora, o prior notou que a água estava com uma fragrância que ele desconhecia. Ele levou a água para um monge botânico, que traçou a origem do perfume até o“Garofilum Silvestre Caprese.” Essa água, conta a história, se tornou o primeiro perfume de Capri.

3. Existe uma maneira oficial de abençoar o queijo

O capítulo VIII do Rituale Romanum, um manual litúrgico datado de 1614, inclui bênçãos especiais para quase tudo que você possa usar diariamente . O capítulo chama-se “Bênçãos de coisas designadas para uso comum”. Nele você encontrará bênçãos para queijos, manteigas, sementes, sal, aveia, barcos de pesca, ferramentas para alpinistas e até cerveja.

4. O último papa barbudo foi Inocêncio XII

Tanto gregos quanto romanos, durante a época de Cristo, mantinham a barba feita. Em algumas imagens muito antigas do batismo de Cristo, Jesus é aparece sem barba, ao contrário da maioria das representações bizantinas. Já no século VI, a lei canônica inglesa ordenava aos clérigos que “não permitissem que nem cabelo nem barba crescessem livremente” ( Clericus nec comam nutriat nec barbam ).

Essa proibição ocorreu durante toda a Idade Média. O Conselho de Tolouse (1119) ameaçou de excomunhão todos os clérigos que deixassem seus cabelos e barba crescerem “como leigos”. Mas havia alguma lacuna nessa lei, Muitos interpretaram que ela também permitia o uso de barbas curtas e bem cuidadas. A frase barbam nutrire (“cultivar a barba”) usada nesta lei não parecia proibir estritamente o uso de barba curta.

No entanto, alguns consideravam que os pelos faciais representavam uma infinidade de pecados. O barbear implicaria simbolicamente o “corte” dos pecados e vícios considerados não apenas nocivos, mas também supérfluos, pois os pelos faciais são perfeitamente dispensáveis ​​e desnecessários. Mas há razões práticas relacionadas à própria liturgia: os clérigos não devem permitir que os pelos do lábio superior os impeçam de beber do cálice.

5. “Guadalupe” não é um nome mexicano

Guadalupe, por mais estranho que possa parecer para alguns, provavelmente não é um nome mexicano. Na verdade, nem sequer é espanhol, embora seja originalmente o nome de um rio da província espanhola da Extremadura.

Our Lady of Guadalupe in Mexico

De acordo com alguns, Guadalupe é uma versão castelhana, ou espanhola padrão, do árabe Wadi-al-lubben, que significa “o rio escondido”. 

O árabe não é surpresa: é preciso lembrar que a Península Ibérica foi ocupada por cerca de oito séculos pelos mouros, muçulmanos de língua árabe do norte da África. 

Segundo outra corrente, o nome “Guadalupe” é uma mistura do latim com o árabe (conhecido precisamente como “árabe latino”), Wadi-lupe, que significa “o rio dos lobos”.

Tags:
Igreja Católica

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
7
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia