Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 17 Setembro |
São Roberto Belarmino
home iconAtualidade
line break icon

Covid: tendência de queda de óbitos se mantém com avanço da vacinação

PARAGUAY

@msaludpy.

Reportagem local - publicado em 29/07/21 - atualizado em 29/07/21

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil vacinou mais de 59,6% da população adulta com pelo menos uma dose da vacina

A nova edição do Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz, publicada nessa quarta-feira (27/7), confirma, por mais uma semana, tendência de queda no número de óbitos e nos indicadores de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS (Sistema Único de Saúde do Brasil).

Por outro lado, foi registrado aumento no número de casos. A positividade dos testes, ainda que em tendência de queda, também permanece alta.

A diferença entre a curva de novos casos e a curva de óbitos é mais um indício da nova fase da pandemia no Brasil, em que há intensa circulação do vírus, mas com menor impacto sobre as demandas de internação e sobre o número de mortes.

“É importante salientar que os números de casos (média de 46,8 mil casos novos por dia) e de óbitos (1.160 óbitos por dia) estão ainda em patamar muito elevado”, afirmam os pesquisadores do Observatório Covid-19.

Zonas de alerta

A análise da disponibilidade de leitos sustenta que apenas Goiás e o Distrito Federal permanecem na zona de alerta. Porém, no segundo caso, os dados refletem a recente retirada de leitos para os casos de Covid-19 frente à redução da demanda.

Dezesseis estados estão fora da zona de alerta e nove se encontram na zona de alerta intermediária, com a maioria das taxas entre 60% e 65%. Foi registrada ainda uma pequena redução da taxa de letalidade — ou seja, a proporção dos casos que resultaram em óbitos. Agora, o indicador está em torno de 2,5%. 

Vacinação

Segundo dados do Ministério da Saúde, o país vacinou mais de 59,6% da população adulta com pelo menos uma dose da vacina e cerca de 23% com o esquema completo de imunização. As pesquisas realizadas até o momento indicam que as pessoas completamente vacinadas (com duas doses, no caso da maioria das vacinas aplicadas no Brasil) estão protegidas contra a variante Delta. Os cientistas do Observatório, no entanto, destacam que a proteção oferecida por uma única dose, com exceção da vacina da Janssen, é muito reduzida em comparação ao regime de imunização completo. “Os não vacinados (40,4% da população) encontram-se ainda vulneráveis e com risco alto de infecção e de desenvolver a doença em formas graves, o que pode demandar atendimento hospitalar e resultar em óbitos”, alertam.

Ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS nos estados

Quedas de pelo menos cinco pontos percentuais no indicador foram registradas em vários estados: Rondônia (62% para 52%), Amazonas (66% para 59%), Tocantins (77% para 71%), Ceará (59% para 52%), Rio Grande do Norte (49% para 41%), Pernambuco (58% para 50%), Alagoas (54% para 46%), Bahia (60% para 53%), São Paulo (62% para 55%), Paraná (72% para 64%), Santa Catarina (79% para 64%), Rio Grande do Sul (70% para 65%), Mato Grosso do Sul (66% para 61%) e Mato Grosso (70% para 63%). Exceto pelo Maranhão, o Nordeste está fora da zona de alerta, assim como todos os estados do Sudeste e os estados de Rondônia, Acre, Amazonas e Amapá, na região Norte. O Sul e os estados do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, do Centro-Oeste, se mantiveram na zona de alerta intermediário, mas com significativas quedas no indicador.

Goiás (86%) e o Distrito Federal (83%) estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 no SUS superiores a 80%, embora, no segundo caso, o dado seja um reflexo da retirada de leitos Covid-19. Nove estados estão na zona de alerta intermediário (≥60% e <80%): Roraima (68%), Pará (61%), Tocantins (71%), Maranhão (65%), Paraná (64%), Santa Catarina (64%), Rio Grande do Sul (65%), Mato Grosso do Sul (61%) e Mato Grosso (63%). Dezesseis estados estão fora da zona de alerta: Acre (17%), Rondônia (52%), Amazonas (59%), Amapá (34%), Piauí (52%), Ceará (52%), Rio Grande do Norte (41%), Paraíba (34%), Pernambuco (50%), Alagoas (46%), Sergipe (45%), Bahia (53%), Minas Gerais (56%), Espírito Santo (50%), Rio de Janeiro (59%) e São Paulo (55%).

Ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS nas capitais

Rio de Janeiro (90%), Goiânia (93%) e Brasília (83%) são as únicas três capitais com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 superiores a 80%. Porém, assim como acontece em Goiás, no Rio e em Brasília, tem havido redução de leitos. Seis capitais estão na zona de alerta intermediário, com taxas iguais ou superiores a 60% e inferiores a 80%: Boa Vista (68%), Palmas (61%), São Luís (73%), Curitiba (68%), Porto Alegre (70%) e Campo Grande (67%). Dezoito capitais estão fora da zona de alerta: Porto Velho (43%), Rio Branco (18%), Manaus (59%), Belém (57%), Macapá (36%), Teresina (47), Fortaleza (55%), Natal (46%), João Pessoa (27%), Recife (27%), Maceió (40%), Aracaju (53%), Salvador (44%), Belo Horizonte (58%), Vitória (49%), São Paulo (51%), Florianópolis (40%) e Cuiabá (55%).

(Com Fiocruz)

Tags:
Informações sobre vacina contra COVID-19Pandemia

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
6
Ricardo Sanches
Menino de 4 anos brinca de missa, conhece vários santos e surpree...
7
ROSARY
Philip Kosloski
É verdade que meu Anjo da Guarda termina de rezar o Rosário se eu...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia