Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Padre Zezinho: o que significa chegar aos 80 anos

Padre Zezinho

Pe. Zezinho

Reportagem local - publicado em 30/07/21

"A decisão de me chamar é totalmente do Deus que me criou"

O padre Zezinho compartilhou em sua rede social uma reflexão sobre o que significa, para ele, chegar aos 80 anos de idade:

“Estive pensando nos meus 80 anos de vida! É tanta gente pedindo entrevistas que resolvi escrever e falar eu mesmo, sem precisar repetir mais uma vez o que para mim é ter chegado a esta idade. Assim, aos que pedem entrevistas, envio estas considerações que espero que ajudem como catequese ou reflexão.

Meus pais foram para o scj antes dos oitenta: 52 o pai e a mãe 67. Tive três perigosos acidentes, três enfermidades que considerei como avisos do céu, mas estou sobrevivendo. Tudo mercê do Deus que me criou. A decisão de me chamar é totalmente dele.

Se repenso o que vivi até agora, forçosamente terei que pensar nos outros. Além do meu Deus e dos santos que ele preparou, sou fruto de outros dois e muitos outros humanos e devo tudo a eles e elas desde que primeiro abri meus olhos até hoje. Os outros emolduram minha vida.

Preguei muitas vezes a quem foi me ouvir que existe só um pequeno eu, cercado de 7,5 bilhões de outros. Em 1941, o Criador do Universo, no meio de zilhões e zilhões de astros e zilhões e zilhões e zilhões de criaturas, resolveu criar também a mim. E cheguei aos 80 anos agradecido por tudo isto!

Tenho desculpas e perdão a pedir e perdão e desculpas a dar. Isto eu escrevo, canto e leciono sempre que posso! Há mais de 60 anos, desde quando aprendi em aula o significado da Missa dos católicos, tento viver esta pedagogia: acolher, admitir que sou pecador, louvar a Deus pelas luzes que Ele nos dá, proclamar minha fé diante de todos, viver em ofertório, entrar na fila da comunhão, render graças por mais um dia e sair de casa proclamando minha fraternidade e minha fé!”

O que significa chegar aos 80 anos

O sacerdote prosseguiu:

“Chego aos 80 anos lembrando em que país eu vivo, que pais eu tive, que irmãos eu tive e tenho, que familiares Deus me deu, que grupo de cristãos eu encontrei, em que congregação Deus me colocou, quem me ajudou a crescer, quem me perdoou ou não me perdoou, quem me ensinou, quem aprendeu comigo e a quem eu perdoei ou terei que perdoar se me ofenderem.

Aos que me pedem um testemunho sobre o que é chegar aos 80 anos respondo que não sei qualificar isto. Deus me deu esta experiência e estou a vivê-la. Mas tudo é graça e dom e aprendizado.

Um caríssimo amigo que chegou aos 92 anos e se despediu de todos, sabendo que Deus o chamava para o grande encontro, deu-me outra lição do que é envelhecer graciosamente.

Há rios de algumas ilhas que se precipitam de um rochedo para o mar, mas a maioria dos rios desliza suavemente para a sua foz. Quero ser como estes rios que chegam cheios de histórias para mergulhar tranquilos no oceano”.

Tags:
DeusIdososPadrestempoTestemunhoVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia