Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 28 Janeiro |
São Tomás de Aquino
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Novo homem mais rápido do mundo nunca viu o pai: “Mas a mensagem dele foi fundamental”

Lamont Marcell Jacobs

Giuseppe CACACE / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 02/08/21

"Eu comecei a falar com ele há alguns anos. Isto me ajudou a chegar aqui com uma mentalidade boa"

Novo homem mais rápido do mundo, o italiano Lamont Marcell Jacobs Jr. fez história neste domingo, 1º de agosto, ao vencer os 100 metros rasos nas Olimpíadas de Tóquio e garantir a medalha de ouro para o seu país.

Jacobs é filho de mãe italiana e pai norte-americano, de quem herdou não só o sobrenome, mas o nome inteiro: “Eu sou Júnior”, conta ele. No entanto, o atleta nunca viu o pai, já que sua mãe e ele se separaram quando o hoje campeão olímpico tinha apenas 5 meses de idade. Mãe e filho retornaram do Texas, onde Jacobs havia nascido, para a Itália, onde viveu desde então sem ter mantido contato com o pai.

Só recentemente é que os dois começaram a se comunicar. E uma mensagem recebida do pai antes da prova foi fundamental para inspirar e motivar a vitória do filho.

“Eu nasci no Texas e, quando tinha 5 meses, voltei para a Itália com a minha mãe. Ela é italiana e meus pais se separaram quando eu tinha essa idade. Nunca vi meu pai desde então. Não o conheço. Eu comecei a falar com ele faz só alguns anos. Isso me ajudou a chegar aqui com uma mentalidade boa. Eu sou Júnior. E ele me assistiu hoje, sim. Ele me escreveu antes da corrida: ‘Você vai conseguir, nós estamos com você’. Foi incrível!”.

A importância do pai para o novo homem mais rápido do mundo

A conquista da medalha de ouro, segundo o atleta, se deve muito ao fato de sentir que, agora, ele tem um pai:

“Tê-lo presente me ajuda mentalmente, porque nos entendemos. Eu vivi toda a minha vida e me perguntavam ‘quem é o seu pai?’. ‘Eu não sei, eu não sei’. Nós tentamos reiniciar a nossa relação. Para mim, foi muito importante”.

Lamont Marcell Jacobs Jr. surpreendeu o mundo neste primeiro domingo de agosto ao derrotar concorrentes considerados favoritos. Batendo 9s80, ele conquistou o ouro para a Itália numa edição dos Jogos Olímpicos que já é histórica por ser a primeira que teve de ser adiada em decorrência de um quadro mundial de crise sanitária.

O pódio foi completado pelo norte-americano Fred Kerley, com 9s84, e pelo canadense Andre de Grasse, com 9s89. O chinês Bingtian Su havia feito o melhor tempo nas eliminatórias, mas terminou a prova em sexto, com 9s98.

Tags:
FamíliaFilhospaisPaternidadeTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia