Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que é mais difícil: ser pai ou atleta olímpico? Usain Bolt responde

USAIN BOLT

Petr Toman | Shutterstock

Cerith Gardiner - publicado em 02/08/21

O ex-velocista olímpico fala sobre os desafios da paternidade

Com as Olimpíadas de Tóquio a todo vapor, os espectadores se surpreendem com a extraordinária força e determinação dos melhores esportistas do mundo. Com recordes sendo quebrados, esses atletas olímpicos parecem quase super-humanos.

O jamaicano Usain Bolt conhece bem os esforços exigidos para ser um atleta olímpico de ponta. Dono de vários recordes mundiais no atletismo, ele agora só assiste às competições pela TV. Aposentado, Bolt recentemente revelou à revista People o quanto a paternidade é desafiadora, em comparação com seu treinamento para se tornar o homem mais rápido do planeta.

“[É mais difícil] ser pai de três filhos, de todos eles, especialmente quando eles estão chorando. Está tudo ótimo, mas todo mundo está chorando. É um pandemônio em casa”, compartilhou o velocista aposentado.

Usain Bolt foi pai três vezes num intervalo de 13 meses. Sua filha Olympia Lightning nasceu em maio de 2020. Depois, em julho de 2021, os gêmeos Saint Leo e Thunder vieram completar a família.

“[Ser pai] consome muito meu tempo, mas eu gosto. É sempre um desafio, e agora tive a ajuda de meus pais e dos pais de minha esposa também. Então, não é tão louco, mas estou gostando… ”, explicou à People.

De fato, a comparação de Usain Bolt e seus comentários serão reconfortantes para os pais em todos os lugares, que muitas vezes lutam com os desafios da paternidade e podem até sentir que estão fracassando. 

Se um dos homens mais rápidos do mundo acha que ser pai é mais difícil do que ser atleta olímpico, então é normal que estejamos exaustos!

Tags:
FilhospaisPaternidade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia