Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 17 Setembro |
São Roberto Belarmino
home iconCultura e Viagem
line break icon

3 segredos do Vaticano nem tão “secretos” assim

PASSETTO ROME

© CPP/CIRIC

Daniel R. Esparza - publicado em 04/08/21

Existem várias histórias relacionadas aos mitos papais e "segredos" vaticanos que são fáceis de desmontar e refutar

É muito difícil estabelecer de onde veio a palavra “Vaticano”. Claro, é o nome de uma das sete colinas de Roma, todas localizadas na margem leste do rio Tibre. No entanto, existem várias crenças diferentes sobre a origem do nome do Colle Vaticano – literalmente, a “Colina do Vaticano”.

Já no século I, o proeminente retórico e filósofo romano Marco Terencio Varrón afirmava que a palavra derivava de uma divindade local que – acreditava-se – dava às crianças a capacidade de falar.

Santo Agostinho menciona essa divindade três vezes em seu livro “A Cidade de Deus”, e faz referência explícita a essa crença romana.

No entanto, a palavra é mais provavelmente derivada do nome de um antigo assentamento etrusco, possivelmente chamado Vatica ou Vaticum . Mas nenhum vestígio deste lugar foi descoberto.

O Vaticano nem sempre foi a residência do Papa. Na verdade, até meados do século XIX, a maioria dos papas vivia no palácio de Latrão, do outro lado da cidade.

Mas este fato histórico não impediu a imaginação popular de atribuir ao Vaticano todos os tipos de histórias relacionadas aos mitos papais e “segredos”, muitos dos quais são fáceis de desmontar e refutar. Aqui estão três pequenos exemplos.

1. Arquivo “Secreto” do Vaticano

A aura de “mistério” que cobre o  Archivum Secretum Apostolicum Vaticanum – que é o seu nome oficial completo – deve se a um erro de tradução do latim origina. Secretum significa simplesmente “separado”, como se fosse “para uso privativo”.

De fato, o Arquivo “Secreto” Vaticano é uma coleção de documentos pessoais, especialmente cartas particulares, crônicas e registros históricos de papas.

Em qualquer caso, isso não torna necessariamente os Arquivos do Vaticano um lugar enfadonho. Alguns pesquisadores podem considerá-lo seu próprio Jardim do Éden particular.

Em suas estantes, por exemplo, encontramos a bula papal que excomungou Martinho Lutero e, ao lado, um pergaminho completo com os registros dos julgamentos contra os Templários.

Além disso, tem as cartas de Michelangelo ao Papa Júlio II, os autos do julgamento contra Galileu e até uma carta do Papa Clemente XII ao 7.º Dalai Lama, solicitando proteção para os frades franciscanos no Tibete.

2. A “passagem secreta”

© Public domain

Há um corredor incorporado à única muralha medieval remanescente em Roma. Ele conecta o Palácio Apostólico Vaticano com o Castelo de Sant’Ângelo.

A “última rota de fuga dos Papas” é uma passagem subterrânea do século 13 e capturou a imaginação de muitos escritores.

A visita de Dan Brown a este local deu-lhe a ideia de escrever seu romance best-seller Anjos e Demônios, uma fantástica obra de ficção que retrata o Vaticano como um cenário para todos os tipos de conspirações.

Brown diz que a passagem tem cerca de 400 metros de comprimento e chega à biblioteca particular do Papa. No entanto, a verdade é que tem o dobro do comprimento. Termina perto da residência papal, acima da atual sede dos correios do Vaticano.

Embora muitos gostem de pensar nesta passagem como um lugar para “divagações”, o corredor só entrou em cena durante algumas emergências.

Por exemplo, Alexandre VI usou-o em 1494 para se refugiar no Castelo de Sant’Ângelo quando as tropas francesas do rei Carlos VIII invadiram Roma.

Também foi usado em 6 de maio de 1527, quando as facções protestantes de Carlos V saquearam a Cidade Eterna.

3. A Biblioteca Vaticana

A Biblioteca Apostólica Vaticana foi oficialmente estabelecida em 1475, embora seja muito mais antiga.

Os historiadores explicam que a biblioteca tem suas origens nos primeiros dias do Cristianismo.

De fato, alguns manuscritos dos primeiros séculos do Cristianismo são (naturalmente) preservados no local.

Estabelecida no palácio de Latrão até o final do século 13, cresceu exponencialmente durante o papado de Bonifácio VIII, que possuía uma das maiores coleções de manuscritos ilustrados da Europa.

No entanto, em 1451 o Papa Nicolau V, um famoso bibliófilo, tentou restabelecer Roma como um centro acadêmico de importância global, para o qual ele construiu uma biblioteca relativamente modesta de mais de 1.200 volumes, incluindo sua coleção pessoal de grego e clássicos romanos.

Hoje, entre os tesouros da Biblioteca Vaticana, existem cerca de 75.000 códices e 85.000 incunábulos (ou seja, edições feitas entre a invenção da imprensa e o século 16) que somam um total de mais de um milhão de livros.

Enfim, longe de serem secretos, todos esses tesouros estão na Internet. Você pode pesquisar a biblioteca e baixar seus arquivos simplesmente clicando aqui.

Tags:
papasVaticano

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
6
Ricardo Sanches
Menino de 4 anos brinca de missa, conhece vários santos e surpree...
7
ROSARY
Philip Kosloski
É verdade que meu Anjo da Guarda termina de rezar o Rosário se eu...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia