Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 17 Setembro |
São Roberto Belarmino
home iconCultura e Viagem
line break icon

5 marcos da arquitetura no centro de São Paulo

SAO PAULO, BRASIL, BRAZIL

Vinicius Bacarin / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 06/08/21

Edifícios históricos representam a vanguarda da arquitetura em suas épocas 

Durante a pandemia, fica mais difícil ir a museus e exposições. Mas, em cidades como São Paulo, muitas vezes não é necessário ir a um lugar fechado para se experienciar momentos de lazer e se obter cultura e deleite estético.

A arquitetura paulistana é internacionalmente reconhecida, especialmente pelos prédios da era modernista, que viveu seu apogeu entre os anos 1950 e 1970. É possível criar roteiros para fazer a pé, incluindo alguns dos principais cartões-postais da cidade.

Confira, a seguir, cinco marcos arquitetônicos da cidade localizados em um raio de apenas quatro quilômetros e com trajeto plano entre um e outro. 

Edifício Copan

Um dos mais emblemáticos edifícios da capital paulista, dos principais projetos do arquiteto Oscar Niemeyer (1907–2012) e a maior estrutura de concreto armado do país (com 32 andares e 115 metros de altura), o Copan foi inaugurado em 1966. Pensado como um bairro vertical, tem comércio e lazer no térreo e unidades que variam entre kitinetes de 20 metros e apartamentos de 200 metros quadrados. Não deixe de tomar um expresso no emblemático café Floresta, na entrada. Antes da pandemia, o terraço do topo costumava receber visitantes gratuitamente a partir das 15h30. 

Av. Ipiranga, 200

Edifício Itália

Na mesma calçada do Copan está outro ícone da arquitetura paulistana, o Circolo Italiano, mais conhecido como Edifício Itália, inaugurado em 1965, com projeto do arquiteto alemão Franz Heep. O segundo edifício mais alto da cidade, com 165 metros de altura. No 46º andar fica o famoso restaurante Terraço Itália, cuja varanda oferece uma vista de 360º da cidade.

Av. Ipiranga, 344

Antigo Hotel Hilton

Visível do Minhocão e de diversos pontos do Centro de São Paulo, o prédio que costumava abrigar a unidade paulistana da grande rede de hotéis (transferida em 2007 para o Morumbi) foi projetado pelo arquiteto Mário Bardelli e inaugurado em 1971. No terraço do décimo andar, há uma piscina (desativada) desenhada por Oscar Niemeyer  e jardim de Burle Marx preservado até hoje. 

R. Epitácio Pessoa, 75

Edifício Viadutos

Junto com os edifícios Louvre e Planalto, o Viadutos forma uma brilhante trinca, em menos de 700 metros, do arquiteto paulistano Artacho Jurado (1907–1983), um nome menos conhecido mas não menos brilhante do modernismo brasileiro. Como os demais, o Viadutos, inaugurado em 1956, se tornou icônico pela fachada colorida, além de seu estilo que combina o nouveau e o déco franceses com o glamour de Hollywood.

Viaduto Jacareí, 19

Edifício Martinelli

Idealizado pelo conde italiano Giuseppe Martinelli, inaugurado em 1929 e projetado pelo arquiteto húngaro William Fillinger, foi o primeiro arranha-céu da América Latina, com 30 andares e 105 metros de altura. Concluído em etapas, os últimos dois andares são formados por um palacete onde o próprio Martinelli chegou a morar com sua família e que abriga um dos mirantes mais importantes da cidade. Situado no triângulo entre a rua São Bento, a avenida São João e a rua Líbero Badaró, está aberto a visitação, basta se informar na recepção.

R. São Bento, 405

Tags:
Viagem

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
6
Ricardo Sanches
Menino de 4 anos brinca de missa, conhece vários santos e surpree...
7
ROSARY
Philip Kosloski
É verdade que meu Anjo da Guarda termina de rezar o Rosário se eu...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia