Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

A multidão gritou “crucifica-o” porque foi manipulada

ECCE HOMO,PONTIUS PILATE

Antonio Ciseri | PD

Pe. José Eduardo - publicado em 13/08/21

O impacto dos influenciadores maliciosos, em comentário do pe. José Eduardo Oliveira

A multidão gritou “crucifica-o” porque foi manipulada, afirmou via rede social o pe. José Eduardo Oliveira a propósito do impacto que pode ser provocado por influenciadores sociais maliciosos.

O episódio que ele recorda é, obviamente, o da condenação de Jesus à morte por sentença do governador romano da Judeia, Pôncio Pilatos, que, segundo os Evangelhos, estava inicialmente propenso a deixá-Lo livre por não ver n’Ele nenhuma culpa, mas acabou optando por “lavar as mãos” e deixar a decisão a cargo do povo.

A voz do povo, entretanto, estava sofrendo a clamorosa interferência dos interesses de uma minoria sem escrúpulos que queria calar para sempre a voz do Cristo.

A multidão gritou “crucifica-o” porque foi manipulada

O sacerdote brasileiro comentou:

“Aquela multidão não teria gritado ‘crucifica-o!’ se os seus sentimentos não tivessem sido manipulados por influenciadores maliciosos, por líderes malignos, os quais já tinham decidido de antemão qual a sentença daquele julgamento injusto.

Você é capaz de perceber se está sendo manipulado, quando um coro aparentemente uníssono aponta na mesma direção? Você tem condição de sair do teatro e perceber o enredo cínico daqueles que mal conseguem esconder as suas artimanhas?

Talvez, quando você abrir os olhos, seja tarde demais para perceber o engano: Caifás quis condenar Jesus por medo de que os romanos pisoteassem Jerusalém, e foi justamente o que aconteceu alguns anos depois, justamente depois que eles condenaram o inocente à morte”.

Tags:
IdeologiaJustiçamentiraPolítica
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia