Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Relatório de mudanças climáticas prova que situação ambiental é urgente

SIBERIA

@annamaria_84 | @CopernicusEU

Octavio Messias - publicado em 13/08/21

Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) prova que se nada for feito o planeta deve sofrer fenômenos catastróficos 

Neve no inverno brasileiro, enchentes devastadoras na China, calor de 50º no Canadá. Esses fenômenos são alguns dos resultados das mudanças climáticas no planeta que estão acontecendo mais ritmo mais acelerado do que se esperava.

Um relatório divulgado nesta semana do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), da ONU, mostra que se medidas drásticas de redução dos gases de efeito estufa não forem empregadas rapidamente, novos eventos climáticos catastróficos – como ondas de calor, secas e alagamentos –  devem ocorrer com cada vez mais frequência na próxima década. ​​

Fatos incontestáveis

Ainda segundo o documento, a concentração de CO2 na atmosfera, hoje, é a maior em 2 milhões de anos. Desde a Revolução Industrial (1760-1840), a temperatura da superfície global aumentou 1,1ºC.

Desde 1970 as temperaturas na Terra aumentaram mais rápido do que em qualquer outro período de 50 anos nos últimos dois mil anos. Se nada for feito, a temperatura do planeta deve aumentar 1,5º C nos próximos 20 anos.

Para que isso seja evitado, as emissões de carbono precisam ser reduzidas pela metade até 2030 e zeradas até 2050. Os últimos cinco anos foram os mais quentes já registrados desde 1850. A taxa de aumento no nível do mar triplicou nos últimos 50 anos em comparação com o período entre 1901-1971.

Se continuarmos no mesmo ritmo,com o derretimento das calotas polares, esse aumento deve chegar a dois metros até o final do século e a cinco metros até 2150, colocando em risco comunidades peninsulares e populações em regiões costeiras em todo o mundo. 

Ação humana

Parte das mudanças climáticas causadas pela indústria de petróleo e gás, pela agricultura e pela pecuária são consideradas irreversíveis. “É inequívoco que a influência humana aqueceu a atmosfera, os oceanos e o solo”, afirma o relatório a ser utilizado pelos formuladores de políticas públicas

“A mudança climática não é um problema do futuro, está aqui e agora e afeta todas as regiões do mundo”, disse à BBC o professor Friederike Otto, da Universidade de Oxford, um dos muitos pesquisadores do IPCC. “Se unirmos forças agora, podemos evitar a catástrofe climática. Mas, como o relatório de hoje deixa claro, não há tempo para delongas e nem espaço para desculpas”, atesta o documento de 42 páginas. 

Tags:
Meio ambiente
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia