Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Cardeal está entre os feridos após terremoto no Haiti

Terrremoto no Haiti

Stanley LOUIS / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 16/08/21

Infelizmente, morreram ao menos um padre e dois leigos que trabalhavam na residência sacerdotal da diocese

O cardeal Chibly Langlois está entre os feridos após o terremoto no Haiti ocorrido às 8h30 da manhã do último sábado, 14 de agosto, com intensidade de 7,2 pontos na escala de Richter. O sismo foi sentido em todo o território haitiano e em países próximos como a República Dominicana, Cuba e a Jamaica, mas a região mais afetada foi a de Les Cayes, no sudoeste do Haiti.

Langlois tem 62 anos e é o primeiro cardeal da história do Haiti, criado pelo Papa Francisco em fevereiro de 2014. Ele é o bispo da diocese de Les Cayes, justamente a mais atingida pelos tremores deste sábado. O cardeal também ocupa o cargo, atualmente, de presidente da Conferência Episcopal Haitiana. Ele não corre perigo de morte em decorrência dos ferimentos que sofreu.

Terremoto no Haiti

Infelizmente, porém, ao menos um sacerdote e dois leigos que trabalhavam na residência sacerdotal da diocese morreram, segundo informações de Akim Kikonda, diretor dos Serviços Católicos de Socorro (CRS) no Haiti. Ele declarou à agência ACI Prensa que a casa foi severamente atingida, mas que as outras pessoas do CRS estão em segurança. Além dos três falecimentos na residência sacerdotal, também morreu, lamentavelmente, a mulher de um funcionário do CRS. O bebê do casal ficou gravemente ferido.

Mais infelizmente ainda, o número total de vidas humanas perdidas em mais essa tragédia no Haiti não parou de subir ao longo do fim de semana. Na manhã desta segunda-feira, 16, os números informados já ultrapassavam os 1.300.

Ainda conforme as informações de Akim Kikonda, o hospital público de Les Cayes não tem capacidade para receber todas as emergências, o que está deixando a maioria dos feridos sem atendimento médico adequado.

Os Serviços Católicos de Socorro estão priorizando os auxílios aos mais vulneráveis, ao mesmo tempo em que precisam dar andamento à contagem de feridos e mortos, pois, na situação caótica da região, os dados ainda são bastante desencontrados.

Tags:
BisposMorteTragédia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia