Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

5 dicas para praticar a escuta ativa e melhorar o entendimento

TALKING

Shutterstock | fizkes

Octavio Messias - publicado em 20/08/21

Melhorar a comunicação é fundamental para evitar conflitos em nossas relações interpessoais 

Pense em quantas discussões e desentendimentos poderiam ter sido evitados nas suas relações interpessoais se as duas partes estivessem de fato dispostas a escutar o que o outro tem a dizer? Muitas vezes, não só nos expressamos mal, como, no calor do momento, tendemos a não prestar atenção no que o outro está dizendo e tiramos conclusões precipitadas. Especialmente nos tempos atuais, de redes sociais e polarização política. 

Tanto que hoje um dos principais alicerces da inteligência emocional é a escuta ativa, habilidade que nos conecta de forma direta com a empatia de poder olhar nos olhos do outro e não deixar que suas próprias experiências e histórias de vida promovam julgamentos de seu interlocutor durante o discurso. Por mais óbvia que pareça, essa técnica amplia nossa capacidade de compreensão, evitando com que nos antecipemos antes que o outro conclua e, principalmente, antes de compreendermos, o que ele está dizendo. Por isso a escuta ativa se tornou um recurso valioso não só para trabalhar as relações na vida privada e profissional. 

A seguir, cinco dicas valiosas para praticar a escuta ativa e evitar conflitos desnecessários com aqueles com quem convivemos.

1- Repita o que o outro acabou de dizer

Mesmo que mentalmente, em silêncio, esse exercício nos ajuda a entender exatamente o que a pessoa disse, e não aquilo que achamos, pelo nosso próprio sistema de valores, que ela acabou de dizer. 

2- Treine sua mente

Em tempos de internet e telefones celulares, tendemos a nos distrair com facilidade. Mesmo durante o diálogo, nossa mente pode entrar em devaneio e acabamos não absorvendo o que o outro está dizendo. Por isso precisamos nos policiar para manter o foco. 

3- Interesse-se de verdade 

Aqui vale o princípio da empatia: demonstre interesse genuíno pelo que o interlocutor tem a dizer, coloque-se no lugar dele, tente enxergar a partir de sua perspectiva. Isso não só favorece o entendimento, como permite que ele se sinta mais à vontade para se expressar corretamente,.

4- Privilegie o olho no olho

Para tratar de assuntos sérios ou delicados, vale cortar a mediação das mensagens de texto e privilegiar o olho no olho, o que permite uma percepção do tom da fala do outro e até mesmo a observação da linguagem corporal. 

5- Suspenda o julgamento

Tendemos a julgar e tirar conclusões precipitadas do que o outro está dizendo antes mesmo de ele concluir o que tem a dizer. Adote uma postura compreensiva, de quem quer encontrar soluções, e não ampliar as divergências. 

Tags:
AmizadeVirtudes
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia