Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 19 Setembro |
Santos Mártires coreanos (AndréKim Taegon, Paulo Chong Hasang e 101 companheiros)
home iconEstilo de vida
line break icon

Necessidade de exercício físico ficou evidente na pandemia

BIEGANIE

Bastian Weltjen | Shutterstock

Octavio Messias - publicado em 29/08/21

Após um ano e meio de isolamento, especialistas falam em corpo pandêmico

Com o distanciamento social imposto pela pandemia, a sensação é de que estamos sendo achatados contra a cadeira. Mesmo quem trabalhava em escritório e migrou para a própria casa em sistema home office sente no corpo a falta da chamada atividade física incidental, que consiste em caminhar, nem que seja até o ponto de ônibus ou a um estacionamento, subir escadas, ficar em pé por um tempo contínuo etc. Muitos que já eram ou se tornaram sedentários na pandemia passaram a manter uma postura mais encolhida, com o pescoço rígido e os ombros mais caídos, pele seca, vista cansada, pernas pesadas, dor na coluna e na região da mandíbula, onde descarregamos o estresse. Este é um esboço do que especialistas chamam de corpo de pandemia (que ainda tende a ser mais pesado, devido aos quilos ganhados durante a clausura), que está chegando aos consultórios de ortopedistas, fisioterapeutas, oftalmologistas, traumatologistas, psiquiatras e psicólogos. 

Nova ameaça mundial 

A Sociedade Espanhola para o Estudo da Obesidade (SEEDO) divulgou que 49,8% dos espanhóis ganharam peso até este momento da pandemia. Isso sem contar aqueles que pederam peso pela diminuição de massa muscular, o que também não é saudável. A falta de atividade física já preocupava a  OMS (Organização Mundial de Saúde) e a comunidade médica mesmo antes da pandemia. Em nível global, o sedentarismo é responsável por mais de 5 milhões de mortes ao ano. Um estudo da prestigiosa revista científica  Lancet divulgado há duas semanas aponta a falta de atividade física como uma nova ameaça mundial. Entre os apontamentos do artigo, um dos mais preocupantes é a constatação de que 80% dos jovens com menos de 24 anos não praticam nenhum exercício, o que pode gerar problemas de saúde no presente e com o avançar da idade. Atividades físicas ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, problemas ortopédicos e de pressão arterial, colesterol e ansiedade. 

Se exercitando na pandemia

O esforço exigido para ficarmos em casa e os problemas de saúde advindos da quarentena são um ônus que precisamos pagar para nos proteger e para conter a disseminação do coronavírus. Mas é possível se exercitar de maneira segura e consciente, respeitando os limites impostos pela pandemia. Caminhadas, pedaladas, corridas ou qualquer exercício ao ar livre, usando máscara, apresentam baixíssimas chances de contaminação. Academias estão funcionando em todo o país, apenas cheque se os protocolos e a higiene do local estão de acordo com as normas dos órgãos sanitários. Aulas on-line, de yoga a ginástica funcional, podem ser uma solução para quem ainda não se sente seguro para sair de casa. O importante é se manter em movimento, pois tudo que fica parado atrofia.  

Tags:
Pandemia

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
7
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia