Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 17 Setembro |
São Roberto Belarmino
home iconEstilo de vida
line break icon

Gestão: 3 boas razões para reconhecer seus limites

WEB2-MANAGEMENT-shutterstock_1960379689.jpg

Par eamesBot I Shutterstock

Agnès Pinard Legry - publicado em 01/09/21

A fragilidade e a aceitação dos limites levam ao relacionamento e à cooperação, gerando, assim, mais benefícios para a vida pessoal e profissional

Ultrapasse os seus limites, supere os seus medos, supere os seus bloqueios… Seja na vida pessoal ou na profissional. Você tem que ousar, deixar o medo de lado e constantemente se superar. O limite? Bem, “o céu é o limite”. 

De fato, frases como essas que você leu acima são comuns no mundo dos negócios, nos nossos círculos de amizade e até nas redes sociais. 

Disponibilidade, capacidade de resposta, versatilidade, sociabilidade, eficiência… Mas empurrar os cursores ao máximo em todas as áreas é o exemplo que o chefe de uma empresa ou o gestor deve mostrar? E para que serve a gestão?

Reconheça o limite e aceite a fragilidade

A teóloga francesa Fabienne Alamelou-Michaille, autora do livro Manager avec son âme (“Gerente com alma”), nos convida a rever a noção que temos de gestão, levando em conta a dimensão espiritual que reside em cada um de nós. 

Entre os muitos conselhos, ela identifica três motivos que levam o líder a reconhecer o limite e a aceitar a fragilidade.

Para ela, negar o limite é contraproducente. É confortável para o proprietário ou gerente de uma empresa parecer sólido, não mostrar fraquezas ou dúvidas. Mas negar o que nos torna humanos nos leva a caminhos íngremes. Gera relacionamentos contaminados com mentiras, para que apareçam e entrem no ciclo vicioso da violência em todas as suas formas. 

Aceitar os limites é, portanto, libertador. O contrário traz à tona tensões psíquicas. “Na maioria das vezes, líderes que preferem não mostrar suas falhas por acharem que isso não é aceitável para seus parceiros sofrem grande solidão e impõem-se fortes constrangimentos que, a longo prazo, são prejudiciais para eles”, explica Fabienne.

Limites, fragilidades e cooperação

Descobrir-se incompleto faz o indivíduo abrir-se para o trabalho colaborativo e reconhecer a contribuição do outro. Podemos pensar da seguinte forma: fragilidade e limites levam ao relacionamento e à cooperação. 

De fato, o líder que sabe que é vulnerável aceita a noção de falta. Mas a falta abre a alteridade! Por outro lado, o excesso de autoconfiança limita a capacidade do gerente de aceitar feedbacks, comentários e avaliações de outros, como explica a autora. “Eles podem levar a sentimentos de onipotência e envolver os líderes em planos irracionais”, esclarece Fabienne.

Ao contrário da imagem que gostamos de ter, os limites (e sua aceitação) devem ser vistos como uma oportunidade, uma abertura à colaboração. “Não é um ponto negativo, mas um ponto positivo: mais relacionamento, mais conexão”, alerta a autora.

Enfim, descobrir-nos perfectíveis nos torna abertos ao progresso e permite o progresso de todos. “Fragilidade e fracasso são fontes de emergência do radicalmente novo”, indica a autora do livro. 

Portanto, se bem compreendida, aceita e apoiada, a experiência da fragilidade é um tremendo trampolim para se revelar e progredir…Em toda a humanidade.

Tags:
carreiraTrabalho

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
6
Ricardo Sanches
Menino de 4 anos brinca de missa, conhece vários santos e surpree...
7
ROSARY
Philip Kosloski
É verdade que meu Anjo da Guarda termina de rezar o Rosário se eu...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia