Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 29 Novembro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Profissionais da saúde são homenageadas com boneca Barbie

BARBIE W KITLU

Cover Images/East News

Octavio Messias - publicado em 03/09/21

Linha "Obrigado, Heróis" reconhece o trabalho de mulheres que atuaram na linha de frente do combate à pandemia, incluindo biomédica brasileira

Há mais de 60 anos ela é a boneca mais popular do mundo. Uma criação da empresa de brinquedos californiana Mattel, já foi fabricada em mais de 200 versões, entre astronauta, havaiana, princesa, noiva, cirurgiã, David Bowie, Estátua da Liberdade e até presidente dos Estados Unidos. Agora a famosa Barbie se converte em cientistas de diversos países que ajudaram a  combater a Covid-19. 

Biomédica brasileira

Entre elas está a biomédica brasileira Jaqueline Goes de Jesus, pós-doutoranda pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que ajudou a identificar o genoma da variante brasileira do coronavírus em apenas 48 horas, enquanto a média mundial para realizar tal feito é de duas semanas. A Barbie inspirada em Jaqueline é rica em detalhes e veste um jaleco. “Tornar-me um modelo para novas gerações é provar que, por meio das oportunidades, o talento e a inteligência podem alcançar e gerar frutos positivos para uma nação”, escreveu a pesquisadora baiana em um post em suas redes sociais.

Obrigado, Heróis

A série com os profissionais que atuaram na linha de frente do combate à Covid-19 leva o oportuno nome “Obrigado, Heróis” e homenageia ainda outras cinco profissionais. Como a infectologista britânica Sarah Gilbert, da Universidade de Oxford, responsável pelo desenvolvimento da vacina AstraZeneca, uma das mais eficientes e usadas em todo o mundo, inclusive no Brasil – ela já tinha recebido o título de dama pela coroa britânica e, em junho, foi aplaudida de pé no torneio de tênis de Wimbledon. Além das profissionais norte-americanas Amy O’Sullivan, que tratou o primeiro paciente com Covid em Nova York, e da médica Audrey Sue Cruz, que combateu o vírus em Las Vegas.

Senso comunitário

A nova linha de Barbies da Mattel homenageia não apenas profissionais da saúde que atuaram na luta contra o vírus, como também outros que prestam os seus serviços à comunidade a partir de frentes diferentes. A psiquiatra canadense Chika Stacy Oriuwa trabalhou pela inclusão de estudantes negros nas faculdades de medicina do país. E a pesquisadora australiana Kirby White, que desenvolveu uma bata médica de alta tecnologia que pode ser lavada e reutilizada, o que deu mais segurança ao número crescente de profissionais que atuaram na linha de frente. Mais do que um brinquedo, a linha de Barbies Obrigado, Heróis presta um serviço à sociedade como um todo ao valorizar e imortalizar aqueles que vêm fazendo a diferença para o bem comum. 

Tags:
Pandemia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia