Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Série do Netflix revela bastidores de clássicos do cinema

JURASSIC WORLD

Universal Pictures | Youtube

Octavio Messias - publicado em 07/09/21

Com duas temporadas, série documental "Clássicos do Cinema" revisita as gravações de filmes como Esqueceram de Mim, Dirty Dancing e Forrest Gump

Uma ótima produção para embarcar em uma maratona está em destaque no Netflix, a série documental Clássicos do Cinema, uma produção do canal de streaming que estreou em 2020. A atração já está disponível até a segunda temporada, cada uma delas com quatro episódios. Cada documentário volta aos bastidores de clássicos do cinema com imagens de arquivo e depoimentos de elenco e equipe de filmes como Dirty Dancing – Ritmo Quente (1987) e Esqueceram de Mim (1990) na primeira temporada, ou De Volta para o Futuro e Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994) na segunda. Editados com humor, agilidade, nostalgia e uso inteligente de imagens dos próprios filmes, a série revela muitas curiosidades de oito dos principais blockbusters dos anos 1980 e 1990. 

Confira algumas delas:

Dirty Dancing – Ritmo Quente (1987)

Um dos filmes de dança mais cultuados dos anos 1980 foi rejeitado 42 duas vezes, até que a distribuidora de VHS resolveu investir na história considerada “feminina demais” pelos maiores estúdios de cinema.

Esqueceram de Mim (1990) 

O filme foi cancelado pela Warner Bros. quando estava em pré-produção por uma diferença de US$ 1,2 milhão no orçamento. A Fox abraçou o projeto que se tornou uma das maiores bilheterias de todos os tempos, de US$ 480 milhões. 

Os Caça-Fantasmas (1984)

A história de uma empresa de exterminadores de fantasma foi inspirada no livro sobre paranormalidade escrito por Samuel Peter Aykroyd, pai do ator, roteirista e idealizador do longa, Dan Aykroyd.  

Duro de Matar (1988)

O longa foi originalmente escrito para ser protagonizado por Frank Sinatra, que recusou o papel. Duvidando da capacidade de Bruce Willis de atrair público, o estúdio inicialmente omitiu sua imagem do pôster do filme. 

De Volta para o Futuro (1985)

Em vez do carro DeLorean, no roteiro original os protagonistas viajariam no tempo dentro de uma geladeira; o astro Michael J. Fox só entrou no projeto na terceira semana de filmagem, substituindo o ator Eric Stoltz. 

Uma Linda Mulher (1990)

O diretor Gary Marshall, falecido em 2016, teve um método pouco convencional de pedir ao elenco interpretações cômicas, dramáticas e improvisadas a cada take, tendo chegado ao tom final do filme na sala de edição. 

Jurassic Park – Parque dos Dinossauros (1993)

O episódio ressalta como o primeiro filme da franquia Jurassic Park representou um marco da computação gráficas, dividindo os efeitos especiais da indústria cinematográfica em um antes e um depois e abrindo caminho para uma enxurrada de lançamentos. 

Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

O roteiro deste clássico do cinema passado nos anos 1960 foi encontrado em uma pilha de projetos rejeitados pela Warner, que o levou para a Paramount, sendo que o ator Tom Hanks e o diretor Robert Zemeckis investiram do próprio bolso para realizar o filme. 

Tags:
Cinema
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia