Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 05 Dezembro |
São Saba
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O que você precisa saber sobre a festa da Exaltação da Santa Cruz, que celebramos amanhã

Exaltação da Santa Cruz

Massimo Todaro | Shutterstock

Reportagem local - publicado em 13/09/21

A festa de 14 de setembro está ligada a como Santa Helena identificou a Cruz de Cristo graças a um milagre de cura

A festa da Exaltação da Santa Cruz é celebrada pela Igreja no dia 14 de setembro. Seu sentido é assim resumido pelo atual Missal Romano:

“A cruz, sinal do mais terrível entre os suplícios, é para o cristão a árvore da vida, o tálamo, o trono, o altar da nova aliança. De Cristo, novo Adão adormecido na cruz, jorrou o admirável sacramento de toda a Igreja. A cruz é o sinal do senhorio de Cristo sobre os que no Batismo são configurados a ele na morte e na glória (cf. Rm 6,5). Na tradição dos Padres, a cruz é o sinal do Filho do homem que comparecerá no fim dos tempos (cf. Mt 24,30). A festa da Exaltação da Cruz, que no Oriente é comparada àquela da Páscoa, relaciona-se com a dedicação das basílicas constantinianas construídas no Gólgota e sobre o sepulcro de Cristo”.

A festa da Exaltação da Santa Cruz

A Exaltação da Santa Cruz também foi o tema de um comentário publicado por mons. André Sampaio em sua rede social. O monsenhor é sacerdote na arquidiocese do Rio de Janeiro e professor de Direito Canônico Oriental no Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico. Eis o que ele explicou a respeito desta importantíssima festa litúrgica de setembro:

“A Festa da Exaltação da Santa Cruz, que celebramos em 14 de setembro, é a Festa da Exaltação do Cristo vencedor. A celebração tem origem no século IV, quando a Verdadeira Cruz de Jesus foi descoberta, em 326, por Santa Helena de Constantinopla, mãe do imperador Constantino I, durante peregrinação à cidade de Jerusalém.

A santa descobriu as três cruzes usadas na crucifixão de Jesus e de dois ladrões, Dimas e Gesmas (conf. Legenda Áurea, 1260, do dominicano e futuro arcebispo de Gênova Jacopo de Varazze, beato). Um milagre revelou qual das três era a cruz verdadeira, a Vera Cruz de Cristo. A Basílica do Santo Sepulcro de Jerusalém foi construída no local da descoberta e dedicada nove anos após, em 335, com uma parte da cruz em exposição.

Em 13 de setembro daquele 335 ocorreu a dedicação da igreja e a cruz foi posta em exposição no dia 14, para que os fiéis pudessem orar diante da relíquia e venerá-la, refletindo sobre Jesus que nela sofreu. Santo Eusébio, São Cirilo, Santo Ambrósio, Teófanes, Rufino, Calisto etc., foram alguns dos que aclamaram a descoberta da Santa Cruz, mas Calvino e Lutero zombaram das parcelas da verdadeira Cruz espalhadas pelo mundo como relíquias. Essas parcelas, diziam eles, dariam para construir um edifício.

A estrutura atual é uma síntese dos edifícios de Constantino e do edifício dos cruzados e foi dedicada em 15 de julho de 1149. A Basílica reúne os lugares ligados à morte e ressurreição de Jesus, sublinhando a unidade dos dois mistérios. Os mistérios que se realizaram neste lugar o fizeram santo. Por isso, essa solenidade celebra e renova mais uma vez a alegria pascal”.

A respeito de como Santa Helena encontrou as cruzes em Jerusalém e identificou a verdadeira Cruz de Cristo graças a um milagre de cura, confira o seguinte artigo:

Tags:
CruzLiturgiaPaixão
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia