Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Outubro |
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu 
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher

Papa Francisco

Photo by VLADIMIR SIMICEK / AFP)

Francisco Vêneto - publicado em 16/09/21

Francisco falou da importância de direitos civis para todos, mas destacou que "o sacramento do casamento não muda"

O Papa Francisco reafirmou que o casamento sacramental é só entre homem e mulher e que a Igreja não pode mudar esta doutrina, dado que a instituição do sacramento do matrimônio é obra de Cristo.

Francisco abordou o tema durante a entrevista coletiva que concedeu a bordo do avião que o levava de volta da Eslováquia para Roma.

O Papa voltou a destacar a diferença entre o sacramento do matrimônio e as uniões civis, que são realidades muito distintas. O sacramento não pode ser alterado e, portanto, não o será. Já as uniões formalizadas na esfera civil devem ser tratadas nessa mesma esfera, podendo e devendo contar com o olhar pastoral da Igreja, mas sem a expectativa de serem equiparadas ao matrimônio sacramental.

Francisco respondeu especificamente a uma pergunta sobre as uniões entre pessoas homossexuais, que, recentemente, o Parlamento Europeu recomendou que os países aprovem.

Casamento sacramental

A esse respeito, o Papa afirmou que é importante que as leis civis ajudem “a situação de tanta gente de orientação sexual diferente”, mas “sem impor coisas que, pela sua natureza, não são aplicáveis na Igreja”.

Reforçando que “o casamento como sacramento é claro”, Francisco tratou da possibilidade de leis civis sobre outras formas de união e sobre garantias a direitos como herança, por exemplo. No tocante a essas leis civis, o Papa afirmou:

“Que as pessoas homossexuais possam usá-as, podem usá-las, mas o casamento como sacramento é homem e mulher”.

Ele finalizou:

“O Senhor é bom e quer salvar a todos. Por favor, não façam com que a Igreja renegue a sua verdade. Tantas pessoas de orientação homossexual se aproximam do sacramento da penitência, dos sacerdotes, e isto as ajuda a ir em frente na sua vida. Mas o sacramento do casamento não muda”.

Tags:
CasamentoDoutrinaIgreja CatólicaPapa FranciscoSacramentos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia