Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 24 Junho |
São Goardo 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Arcebispo ao presidente da Argentina: “Aborto e maconha não resolvem as angústias do povo”

Aborto na Argentina

Captura de Tela / YouTube

Francisco Vêneto - publicado em 17/09/21

"Em plena pandemia, as circunstâncias exigem ocupar-se de outros assuntos imprescindíveis"

O arcebispo de La Plata, dom Víctor Fernández, se manifestou publicamente com um recado claro ao presidente da Argentina, Alberto Fernández, cujo governo tem adotado “prioridades” como aborto, maconha, eutanásia e a assim chamada “linguagem não binária”: nenhuma dessas pautas publicizadas como “progressistas” resolverá “as profundas angústias” do povo argentino, afirmou o arcebispo.

Dom Víctor Fernández publicou um retumbante artigo no jornal “La Nación“, em 16 de setembro, intitulado “Presidente, resta pouco tempo“. O prelado alerta:

“Por amor a esta pátria ferida, muitos esperam que o presidente possa rever a tempo a sua agenda de prioridades para evitar um desastre que acabaria prejudicando mais ainda o nosso povo. [O presidente] está muito ocupado com o aborto, a maconha e até com a eutanásia, enquanto os pobres e a classe média tinham outras profundas angústias que ficaram sem resposta.

Nos últimos meses, viu-se uma poderosa cruzada para impor uma linguagem ‘não binária’ em que, nas imensas favelas, ninguém parece estar interessado. Talvez queiram copiar a agenda do socialismo espanhol, esquecendo que aqui estamos na América Latina e, para cúmulo, em plena pandemia, onde as circunstâncias exigem ocupar-se de outros assuntos imprescindíveis.

No final do ano passado, enquanto os países vizinhos estavam comprando vacinas, aqui o Ministério da Saúde se extasiava em plena campanha pelo aborto. Ao menos terão que reconhecer que não era o momento justo, nem era essa a necessidade mais básica”.

De fato, o senado argentino legalizou o aborto em plena véspera do Réveillon, dia 30 de dezembro de 2020, no “apagar das luzes” de um dos anos mais tristes da história recente da humanidade.

Aborto e maconha não resolvem as angústias do povo

O arcebispo de La Plata descreveu o real cenário de necessidade na vida de muitas mulheres argentinas:

“[Muitas mulheres] sobrevivendo dia após dia, com suas famílias destroçadas, seus filhos que abandonaram a escola e enveredaram pelo mundo das drogas e da delinquência, com o dinheiro se desvalorizando a cada dia”.

Dom Victor completou:

“Às vezes a política se confunde quando acredita que, falando de certos temas, estaria respondendo às expectativas da sociedade, mas na realidade só está adulando setores minoritários ao seu redor. Isso não é o povo argentino”.

Tags:
AbortoBisposDrogasIdeologiaPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia