Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápoles

Sangue de São Januário ou San Gennaro

ALBERTO PIZZOLI | AFP

Reportagem local - publicado em 20/09/21

Fiéis estavam apreensivos: o fenômeno não tinha se renovado em dezembro, o que foi interpretado como um sinal de alerta

O milagre do sangue de São Januário voltou a ser registrado em Nápoles neste domingo, 19: ele costuma liquefazer-se em três ocasiões a cada ano, sendo elas o primeiro domingo de maio, a festa litúrgica do santo (justamente a de ontem, 19 de setembro) e o aniversário do milagre de 1631, no dia 16 de dezembro, quando, pela intercessão de São Januário, evitou-se uma tragédia após a erupção do vulcão Vesúvio.

Um relicário custodiado na catedral de Nápoles guarda o sangue do santo em estado sólido.

O fenômeno da liquefação do sangue de São Januário tem sido registrado desde nada menos que o ano de 1389, quando foi testemunhado pela primeira vez. Desde então, nunca se chegou a nenhuma explicação científica sobre o caso.

Fenômeno não ocorreu em dezembro passado

O povo da região aguardava a festa litúrgica do santo com particular expectativa, já que, em 16 de dezembro de 2020, o sangue de São Januário não se liquefez. A não ocorrência do milagre costuma ser interpretada, popularmente, como sinal de que algo ruim está para acontecer.

De fato, para mencionar alguns exemplos, o sangue do santo não se liquefez em alguma das três datas destes anos:

  • 1939: a Alemanha deu início à Segunda Guerra Mundial, invadindo a Polônia.
  • 1973: Nápoles foi atingida por uma epidemia de cólera.
  • 1980: ocorreu o grande terremoto em Irpinia.

Liquefação voltou a ser registrada neste domingo

No primeiro domingo de maio deste ano, porém, o fenômeno voltou a ser registrado. E o mesmo se repetiu ontem.

Pouco antes da missa das 10h da manhã, dom Domenico Battaglia, arcebispo de Nápoles, levou o relicário da capela do tesouro até o altar maior da catedral, onde permaneceu durante a celebração da Santa Missa – restrita à presença de 450 fiéis por conta das medidas de combate à pandemia de covid-19, mas com transmissão ao vivo pela TV e pela internet.

No mesmo domingo a arquidiocese confirmou que o milagre tinha se renovado.

Milagre do sangue de São Januário

São Januário é o padroeiro de Nápoles. Durante a perseguição do imperador romano Diocleciano contra os cristãos, nos primórdios da Igreja, o então bispo de Benevento foi capturado e torturado, mas se negou a rejeitar a fé cristã. Junto com outros fiéis, ele foi decapitado por volta do ano 302. Suas relíquias foram sendo transferidas para diversos lugares até chegarem a Nápoles em 1497.

A devoção dos napolitanos a São Januário ficou ainda mais profunda por ocasião da erupção do Vesúvio em 1631, quando os fiéis foram em procissão até uma igreja próxima do vulcão, levando solenemente o crânio do mártir e uma ampola com o seu sangue. Segundo os registros locais, a erupção cessou sem causar mortes nem feridos, embora a lava já corresse na direção de Nápoles e as cinzas vulcânicas já “chovessem” sobre a região.

Confira o relato da não ocorrência do milagre em dezembro passado:

Tags:
DevoçãoMilagreSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia