Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Outubro |
Santa Margarida Maria Alacoque
Aleteia logo
home iconEspiritualidade
line break icon

Jesus nos ensina: por meio das Santas Chagas somos curados

The Doubt of St. Thomas

Public Domain

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 21/09/21

Jesus nos diz que, quando tocamos seu lado, podemos abandonar a incredulidade, como fez Tomé, e experimentar a alegria da Ressurreição

Estamos na Semana das Santas Chagas! Já estamos na sexta edição desta Festa que é uma torrente de graças de cura e libertação pelas Santas Chagas de Jesus. Quando resolvi abraçar esta devoção, uma das primeiras preocupações foi em criar um Ícone de Jesus das Santas Chagas, porque nós somos muito dos sentidos: o ver, o tocar. 

A iconografia cristã tem por objetivo principal retratar o mistério de Cristo, da Igreja, dos Santos. As cores e gestos retratados nas figuras cristãs colaboram para a apresentação do mistério de Deus entre os homens. No tocante a Cristo, seus gestos, palavras e cores também seguem uma tradição que auxilia o fiel encontrar a própria profissão de fé, a incluir-se no mistério e nesse mistério encontrar a possibilidade de um encontro com Deus.

O ícone de Jesus das Santas Chagas

No ícone retratado de Jesus das Santas Chagas, o Senhor aparece em pé. Recorda a manifestação apocalíptica para o Apóstolo e evangelista João: “estive morto, mas eis que vivo para sempre” (Jo 1,18). As cores pelas quais as vestes são representadas seguem o perfil adotado pela escola iconográfica do Mosteiro da Ressurreição em Ponta Grossa, que possui grande referência na pessoa de D. Ruberval Monteiro – OSB, cujas obras encontram-se espalhadas ao longo do território nacional e no exterior, sobretudo na Itália.

Neste aspecto, a Abadia da Ressurreição faz uma síntese a respeito dos tons, uma vez que as escolas iconográficas antes do ano 1000 d.C. período da unidade eclesial, tanto o azul como o vermelho remetiam às mesmas realidades. O azul ao mesmo tempo que é a cor do cosmos, do criado, é a cor do Criador, símbolo Dele. O vermelho apresenta a realidade do sangue e da paixão, do humano que é sacrificado, do martírio e também é a cor da realeza, do poder. Assim, fica entendido que tanto no azul como no vermelho aparecem os símbolos da humanidade e da divindade.

A concepção vai ganhar definição a partir da túnica de Cristo. Estando de vermelho, entende-se a divindade. Cristo é Deus, que está coberto com o manto da humanidade. No dourado ou ouro, as tradições do oriente, bizantina e russa, atribuem a iluminação e o esplendor da eternidade. Amarelo e ouro assumem no conjunto iconográfico a iluminação da Luz de Deus.

As Chagas

As chagas apresentam as feridas físicas da paixão, mas agora transfiguradas pela Ressurreição. Estando com os pés calçados, encontramos o sinal da encarnação. É próprio do homem vivente os calçados. Espíritos e mortos não necessitam da proteção para os pés. A cruz, instrumento de maldição e morte, agora dourada e resplandecente. A cruz está exaltada, sendo transformada em estandarte da vitória.

A pedra do sepulcro não é mais empecilho para Cristo. Ela está atrás dele, menor que ele, sendo apenas mera memória de um cárcere mortuário incapaz de reter em si a vida que resplandece com a força da ressurreição. Olhos bem abertos, sinal que tudo vê, tudo perscruta e tudo conhece. Olhar de frente, longe de qualquer temor.

Mão estendida focando a chaga e o convite à aproximação. Mão erguida indicando a vitória e a bênção. Pisando sobre o esquife da morte, este também se torna pequeno e passageiro, submetido aos pés chagados e gloriosos. Cingido de uma faixa dourada, Cristo ostenta a eternidade daquele que É, que era e que vem.

Portas abertas à catequese

Assim, a iconografia em seus símbolos abrem as portas à catequese, à promessa eterna e ilimitada de um Deus que sendo eterno entra no tempo dos homens. O limite humano de Cristo permite a eternidade do homem, permite uma admirável troca. Ou seja, Cristo tomando nossa humanidade nos dá sua divindade.

Por fim, convido todos a mergulharem comigo nesta devoção, que Santo Agostinho, São João Crisóstomo, São Bernardo, São Boaventura, São Tomás de Aquino, São Francisco de Assis, São Pio de Pietrelcina e tantos outros santos de nossa Igreja se dedicaram com especial zelo.

Jesus das Santas Chagas nos ensina que, por meio de suas chagas, somos curados, somos evangelizados, somos evangelizadores. Nos ensina que quando tocamos seu lado, podemos abandonar a incredulidade, como fez Tomé. Ensina ainda que ao tocar suas chagas, podemos experimentar a alegria da Ressurreição.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
2
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
3
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
4
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
5
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
6
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
7
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia