Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconCultura e Viagem
line break icon

Palacete histórico em São Paulo é convertido em centro cultural

SAO PAULO

Shutterstock | Donatas Dabravolskas

Octavio Messias - publicado em 24/09/21

Espaço com três mansões sobrepostas e 37 moradias, Vila Itororó torna-se espaço para shows, exibições de filmes e exposições interativas 

“Um conjunto surrealista que não se prende às regras do utilitarismo nem obedece a regras e estilos determinados, surpreendendo até hoje aos pesquisadores pelo seu ecletismo e singularidade.” Esta é uma possível definição da Vila Itororó, no bairro da Bela Vista, em São Paulo, em matéria da Folha de S. Paulo publicada em 1978. O conjunto construído na década de 1920 com três mansões sobrepostas que, com os “puxadinhos”, chegou a somar 37 moradias, foi reinaugurado há duas semanas, com o mesmo nome, como um auspicioso centro cultural. O espaço passa a oferecer exibições de filmes, shows de música e exposições interativas, gratuitamente, toda semana, de quinta a domingo. 

Atrações 

Todas as quintas-feiras, às 19h, acontece o Cineclube Éden (homenagem ao Clube Éden Liberdade, que ali costumava funcionar), com programação variada. Às sextas às 20h e aos domingos às 16h acontecem shows ao ar livre, em respeito aos protocolos da pandemia, sendo que hoje (24) apresenta-se a dupla The Blues Experience e, depois de amanhã (26), o projeto Jazz na Kombi. 

A enorme piscina que costumava servir aos banhistas do Clube Éden e que hoje se encontra desativada será usada como palco de projeções multimídia. Ainda há uma biblioteca com acervo voltado para literatura infanto-juvenil e material relacionado a patrimônio cultural, arquitetura e história, incluindo conteúdo sobre a ocupação da Vila Itororó. Para 2022 está prevista a inauguração de um café e a realização semanal de uma feira gastronômica e cultural com comida, bebida, artesanato, livros e artes impressas.    

Ruína histórica 

Construídas entre 1922 e 1929 pelo empreiteiro e comerciante português Francisco de Castro, as três casas foram sobrepostas graças a um conjunto de colunas adquiridas do antigo Theatro São José, que costumava ficar em frente ao Theatro Municipal de São Paulo. Dele também podem ter visto adornos como esculturas gregas e vitrais. A ideia era criar um conjunto habitacional acessível, bem localizado e com algum requinte para famílias de imigrantes que chegavam em São Paulo. Nessa época passava por ali o Riacho Itororó, que dá nome à Vila e costumava ter a água represada para encher a piscina. 

 A degradação do Centro na segunda metade do século passado levou à degradação da Vila Itororó, que foi invadida e transformada em cortiço. A propriedade foi tirada de Castro por credores e doada ao Hospital Beneficente Augusto de Oliveira Camargo. Por décadas ensaiou-se transformá-la em centro cultural, inclusive com projeto de implementação de uma unidade da rede Sesc, o que não foi para a frente. Entre imbróglios legais, só em 2009 foi decretado que a Secretaria do Estado de São Paulo tomaria posse do terreno. Depois de concluída a recolocação de 104 famílias que ali viviam, o projeto de restauro, orçado em R$ 40 milhões, foi iniciado em 2015.

Agora, finalmente, os paulistanos e turistas podem finalmente dispor de um centro cultural histórico, no coração da Bela Vista.

Vila Itororó

Rua Martiniano de Carvalho, 265 – Bela Vista

Tags:
ArteViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia