Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Outubro |
Santa Margarida Maria Alacoque
Aleteia logo
home iconReligião
line break icon

Quem é Jesus?

EUCHARIST

peacepix | Shutterstock

Dom Orani João Tempesta - publicado em 27/09/21

A primeira preocupação do cristão deve consistir em viver a vida de Cristo, em incorporar-se a Ele, como os ramos à videira

Estamos celebrando o XXIV domingo do tempo comum. A liturgia nos apresenta por meio do Evangelho que Jesus está a caminho de Jerusalém. E enquanto caminhava perguntou, em tom familiar, aos discípulos que O acompanhavam: “Quem dizem os homens que eu sou?” (Mc 8,27-35). E eles, com simplicidade, contaram-lhe o que lhes chegava aos ouvidos: “Alguns dizem que tu és João Batista; outros que és Elias… Então Ele voltou a interrogá-los: “E vós, quem dizeis que eu sou? ”. Eis a grande pergunta de sempre e que cada um de nós deverá sempre responder atualizando sua experiência de encontro como Senhor.

Na primeira leitura – Is 50,5-9a – temos o episódio do Servo Sofredor. O profeta Isaías descreveu, antecipadamente, o sofrimento da Paixão e Morte de Jesus; e sua descrição foi, inclusive, confirmada pelas marcas deixadas gravadas no célebre “Sudário de Turim! ”. Os primeiros cristãos o identificaram como prefiguração de Jesus, o Messias crucificado por amor e fidelidade aos propósitos do Pai.

Na segunda leitura – Tg 2,14-18 – o Apóstolo, São Tiago, orienta-nos a respeito da verdadeira fé que precisa ser acompanhada de obras para ser verdadeira! Para consolar um faminto não é suficiente uma palavra de carinho… é necessário saciar sua fome de pão!

O profeta Isaias parece um jornalista que descreve a Paixão de Jesus como quem assistiu o sacrifício redentor do próprio Deus! Nós fomos resgatados pelo Sangue do Filho de Deus! Ele morreu na cruz, suportando dores infinitas. Nossa prática religiosa deve ser de verdade e não de apenas palavras. Nossa fé em Jesus deve manifestar-se mediante obras concretas (obras)! Pois, São Tiago afirma: “Se a fé não se traduz em obras, por si só está morta!” A fé é o amor que devemos ter por Jesus, amor de verdade; Ele nos amou de verdade e nós de igual maneira devemos amar de verdade e de sangue, dar nossa vida por Ele!

Evangelho

No Evangelho – Mc 8,27-35 – não é suficiente confessar a divindade de Jesus; é necessário segui-lo no caminho da Cruz. A confissão da divindade de Jesus exige nossa conversão, precisamos viver como Jesus cumprindo a vontade do Pai para a redenção do mundo.

Jesus explicava aos discípulos que a sua Missão messiânica passa pela Cruz. Pedro reage e tenta afastar Jesus do Plano do Pai. Jesus lhe responde: “Vai para longe de mim, satanás! Porém, antes Pedro dissera: “Tu és o Messias”. Os Apóstolos, pela boca de Pedro, deram a Jesus a resposta certa depois de dois anos de convivência e trato. Nós, como eles, “temos de percorrer um caminho de escuta atenta, diligente. Temos de ir à escola dos primeiros discípulos, que são as suas testemunhas e os nossos mestres, e ao mesmo tempo temos de receber a experiência e o testemunho nada menos que de vinte séculos de história sulcados pela pergunta do Mestre e enriquecidos pelo imenso coro das respostas dos fiéis de todos os tempos e lugares” (São João Paulo II).

A primeira preocupação do cristão deve, pois, consistir em viver a vida de Cristo, em incorporar-se a Ele, como os ramos à videira. O ramo depende da união com a videira, que lhe envia a seiva vivificante; separado dela, seca e é lançado ao fogo. Diz Jesus: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga”.

Quando Jesus disse “se alguém quer vir após Mim…”, tinha presente que o cumprimento da Sua missão O levaria à morte de cruz; por isso fala claramente da Sua Paixão. Mas também a vida cristã, vivida como se deve viver, com todas as suas exigências, é uma cruz que se deve levar em seguimento de Cristo.

A Cruz é sinal do cristão. Está presente em toda parte, com muitos nomes. Que o Senhor nos conceda a graça de também segui-Lo na Cruz; de perder a vida por causa de Cristo para salvá-la. Deus criou o ser humano à sua imagem e semelhança, criou-o livre, mas ele sucumbiu à tentação da serpente, pecou e perdeu toda a graça divina com que estava ornado desde a criação! Mas Deus não se deixou vencer pela serpente: planejou seu resgate mediante a cruz! Nós fomos resgatados pela Cruz de Jesus, que iremos celebrar no próximo dia 14! O Sangue divino, derramado na cruz e na vida sofrida de Jesus. Este é o mistério incompreensível do amor divino: Somos resgatados pelo Sangue do Filho de Deus.

Tags:
BíbliaJesusLiturgia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
2
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
3
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
4
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
5
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
6
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
7
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia