Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Outubro |
Santa Margarida Maria Alacoque
Aleteia logo
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Mãe que escolheu adoção ao aborto encontra filho depois de 33 anos

https://youtu.be/WQt1EJJGACg

Giovanna Binci - publicado em 01/10/21

Ela tomou a decisão de fazer um teste de DNA, com a esperança de que o filho fizesse o mesmo

Já se passaram 33 anos, mas Melanie Pressley tinha esperança no vínculo original que une mãe e filho. Ela se perguntou quantas vezes eles poderiam ter se encontrado em caminhos paralelos, mas indo em direções opostas, sem realmente se encontrar.

Começou com uma certeza: “não” ao aborto

Pressley tinha 18 anos e não tinha certeza sobre o futuro – nem seu próprio futuro, nem muito menos o que ela seria capaz de oferecer à criança que estava carregando no ventre. Um pouco mais de apoio teria sido suficiente? Uma mão estendida?

Pressley era jovem e se sentia sozinha, com um parceiro que sugeriu o aborto como solução para o “problema” que ela estava carregando. No labirinto de estradas que ela poderia ter tomado, ela escolheu a vida.

Ela deu à luz um bebê e decidiu fazer um plano de adoção para ele graças ao apoio de sua família e aos serviços de uma agência de adoção. Era junho de 1988.

Ela entregou seu filho sem lhe dar um nome. Ela disse ao News 5 Cleveland que queria que seus pais adotivos tivessem essa honra. Talvez ela também tenha percebido que já havia dado a ele o que mais importava: o dom da vida e a possibilidade de ter o amor de dois pais (adotivos).

A enfermeira permitiu que ela segurasse seu filho alguns momentos, apesar do protocolo não permitir, e a irmã de Pressley tirou uma foto. Seria uma lembrança à qual ela se agarraria mesmo depois de se casar e ser mãe de outros três filhos. A vida seguiu caminhos inesperados, mas ela sempre manteve esse alento em seu coração.

Trinta e três anos se passaram e essa criança hoje se chama Greg Vossler, e ele sabe que foi adotado desde os 9 ou 10 anos.

Ele nunca quis fazer muitas perguntas: “Ninguém que seja rei ou rainha em alguma terra distante se parece comigo'”, conta ele na entrevista do News 5 Cleveland.

Um dia, tendo se tornado pai, e talvez com coragem recém-descoberta para olhar mais profundamente para seu passado, ele decidiu tentar seguir aquele vínculo que lhe foi deixado. Ele não sabia se tudo se rompera ao longo dos anos, se ainda haveria alguém do outro lado ou se ele seria capaz de encontrar sua história.

Ele comprou um teste genético “23andme”. Foi a mesma marca de teste que Melanie fez dois anos depois, em maio de 2021, quando uma de suas filhas comprou o teste para o aniversário dela.

O caminho

Graças ao banco de dados da empresa, que permite encontrar correspondências de DNA e descobrir sua família e origem étnica, Pressley e Vossler se encontraram. Depois de um contato inicial por mensagem, eles se conheceram e se abraçaram neste verão no hemisfério norte.

“Acredito que estamos ligados um ao outro”, foi a primeira mensagem um pouco hesitante de Melanie. Logo depois, ela foi mais concreta, escrevendo com confiança: “Acredito que sou sua mãe biológica”.

A esposa de Vossler fez a foto deles 33 anos depois.

Nosso corpo é uma memória viva — não apenas de traços somáticos, doenças ou predisposições, mas das escolhas de muitas pessoas. Nosso próprio corpo nos lembra que não somos apenas o resultado de pura sorte, mas uma história intrincada de salvação e amor.

Tags:
AbortoFamíliaFilhosVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
2
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
3
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
4
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
5
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
6
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
7
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia