Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Criminosas feministas incendeiam igreja com fiéis dentro em plena Missa

Feministas incendeiam igreja em Medellín

@hevicam | Twitter

Francisco Vêneto - publicado em 04/10/21

O ato selvagem foi perpetrado pelas vândalas durante o que a mídia a seu favor chamou de "ação global por um aborto legal e seguro"

Pela enésima vez, bandos de criminosas feministas incendeiam igrejas católicas em diversas cidades de várias partes do mundo em nome das suas ideologias violentas, intolerantes e excludentes. Entre os casos que mais repercutiram nesta semana estiveram os da Cidade do México e de Medellín, na Colômbia.

Nesta última, as vândalas atearam fogo às portas de uma paróquia com cinquenta fiéis dentro, em plena celebração da Santa Missa, nesta última terça-feira, 28 de setembro – data que, desde 1990, é considerada o “dia do aborto” por essa ideologia.

O ato selvagem, que pode ser interpretado como tentativa de homicídio, foi perpetrado pelas criminosas durante um evento que elas e a mídia a seu favor propagandearam como “ação global por um aborto legal e seguro”.

O pe. Guillermo Zuluaga, pároco da igreja de Santo Inácio de Loyola, alvo do ataque, declarou ao jornal El Colombiano que o atentado começou por volta das 18h30 do horário local, quando cerca de cem mulheres começaram a berrar slogans pró-aborto na praça da igreja e a insultar os católicos reunidos em oração.

Um grupo de fiéis fechou as portas para impedir uma invasão como as que têm sido cometidas por esse mesmo tipo de criminosas em dezenas de cidades de várias partes do mundo. Na mesma data, diga-se de passagem, outro bando de vândalas feministas tentou atear fogo à catedral da Cidade do México, após depredar ruas e agredir policiais (veja matéria a respeito ao final deste artigo).

Ainda mais exaltadas com o fechamento do templo, as criminosas picharam a igreja, arrancaram grades e incendiaram uma das portas de madeira.

O pe. Guillermo relata que uma parte dos fiéis entrou em pânico ao ver que o bando de vândalas havia começado a queimar as portas. Outros fiéis pegaram os extintores de incêndio disponíveis na igreja e evitaram a propagação das chamas.

A desordem ainda se prolongaria por mais de uma hora, com novas violências cometidas pelas criminosas.

Os fiéis tiveram de sair da igreja pelas portas do escritório paroquial.

Feministas incendeiam igreja

Sobre o crime perpetrado pelo bando de vândalas, o pe. Guillermo comentou:

“Elas têm o direito de expressar suas opiniões e pontos de vista, mas sempre com respeito e tolerância. Isto não foi uma manifestação a favor de uma ideia: foi uma expressão de violência”.

O prejuízo material causado à paróquia, segundo as primeiras estimativas, é equivalente a cerca de R$ 25 mil, mas os danos vão além do custo financeiro: a porta que foi incendiada era centenária e as pedras da fachada têm mais de 200 anos de história. De fato, a paróquia em estilo colonial começou a ser construída em agosto de 1803.

A fachada foi danificada não só com as pichações de frases pró-aborto feitas pelas criminosas feministas, mas também com tinta cinza – que um grupo de fora da paróquia usou para cobrir as pichações, sem autorização e sem que se saiba exatamente por qual motivo, por volta das 23h do mesmo dia do crime.

Crimes contra fiéis e igrejas

Veja mais alguns casos de crimes perpetrados contra templos e fiéis em nome da ideologia feminista em tempos recentes:

Tags:
feminismoIdeologiaPerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia