Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 07 Outubro |
Nossa Senhora do Rosário
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

Os lugares mais importantes da vida de Santa Teresa de Jesus

AVILA

Shutterstock | Juan Garcia Hinojosa

Maria Paola Daud - publicado em 14/10/21

Foi aqui que a religiosa e mística passou a vida dedicada à contemplação

Convidamos você a visitar os lugares mais importantes de Ávila, onde a religiosa, mística e doutora da Igreja, Santa Teresa de Jesus, passou sua vida dedicada à contemplação, escrita e formação de suas filhas espirituais, as Carmelitas Descalças.

Local de nascimento de Teresa de Ávila

Foi aqui que Teresa nasceu, em 1543. Depois que seu pai, don Alonso, morreu, a casa começa a ruir.

Foram as Carmelitas Descalças que mais tarde decidiram se lembrar desse lugar que já eram apenas ruínas e construíram a igreja e o convento, obra do arquiteto Alonso de San José, que pôde ser concluída em 1636.

Hoje é a residência de uma comunidade de carmelitas e um albergue para peregrinos. Tem um claustro quadrado sóbrio e elegante e uma bela escadaria.

Igreja de San Juan Bautista

Nesta igreja, de origem românica, a santa foi batizada em 4 de abril de 1515, com o nome de Teresa Sánchez de Cepeda Dávila y Ahumada.

Mirante

Em sua biografia, ela diz que, quando era criança, lia sempre livros sobre a vida dos santos.

Esses livros alimentam o desejo de Teresa de morrer mártir na terra dos mouros. Ela chegou a tentar fugir de casa, ao lado do seu irmão Rodrigo, para realizar tal façanha.

Mas seu tio, Francisco de Cepeda, encontrou-os em um mirante na cidade chamado “Los cuatro postes”.

Convento de Nossa Senhora das Graças

Quando Teresa tinha treze anos, perdeu a mãe. Dois anos mais tarde, seu pai, em 1531, decide colocá-la no internato do convento agostiniano de Nossa Senhora das Graças.

Lá ela conhece uma pessoa muito especial para sua vida, a Irmã Maria de Briceño. Dizem que a graça ao seu exemplo ela decidiu ser freira.

Mosteiro da Encarnação

Em 2 de novembro de 1535, Teresa entrou como postulante no Convento da Encarnação, embora seu pai tenha recusado categoricamente a ideia de vê-la “freira”.

Lá, ela permaneceu quase ininterruptamente até 1574, recebendo conselhos de importantes místicos da época e se preparando para a Reforma do Carmelo.

Hoje, o convento abriga um museu teresiano.

Convento de São José

O convento de São José foi a primeira fundação da santa em 1562, seguindo a nova Ordem dos Carmelitas Descalços.

Seguindo as regras originais da Ordem de Nossa Senhora do Monte Carmelo, Teresa decide reformar a ordem, resgatando a simplicidade, a pobreza e a contemplação, características autênticas do espírito carmelita.

Mosteiro de São Tomé

O mosteiro de estilo gótico foi fundado em 1480, e declarado Patrimônio Mundial em 1985.

Aqui Santa Teresa debateu com teólogos e místicos. Lugar também onde ela teve a visão em que a Virgem e São José a vestiram com um manto azul e um colar.

Na capela da Agonia de Cristo, conserva-se o confessionário em que a santo se confessava.

Basílica de San Vicente

Na importante basílica dos Santos Mártires Irmãos, Vicente, Sabina e Cristeta (simplesmente chamada Basílica de San Vicente) está a imagem tão venerada por Santa Teresa da Virgen de la Soterraña.

Catedral do Salvador

A Catedral do Salvador é uma das mais belas catedrais de fortaleza da Espanha. Aqui, aos treze anos de idade, diante da imagem da Virgem da Caridade, Teresa se confia a Nossa Senhora depois de ficar órfã de sua mãe.

Tags:
SantosViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia