Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 08 Dezembro |
Imaculada Conceição de Nossa Senhora
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Mais um bispo anglicano se torna católico

Bispo anglicano se torna católico: Michael Nazir-Ali

Photo: Wilberforce Academy. Wilberforce Academy, Exeter College, Oxford. Commissioned by Clare Osborne at the Wilberforce Academy. 24.3.11 Original job number: 2698.

Francisco Vêneto - publicado em 15/10/21

Desde 1992, já são 12 bispos anglicanos recebidos na plena comunhão com a Igreja Católica; o caso mais recente havia sido no mês passado

Mais um bispo anglicano se torna católico: a revista britânica The Spectator noticiou nesta quinta, 14 de outubro, que o reverendo Michael Nazir-Ali, bispo anglicano de Rochester, passou a integrar o Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham, entrando em plena comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana. Ele será ordenado sacerdote católico ainda no final deste mês.

Nazir-Ali já chegou a ser cotado para o posto principal da confissão protestante inglesa, que é o de arcebispo de Canterbury.

O Papa Bento XVI criou em 2011 o Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham para acolher ex-clérigos da Igreja da Inglaterra dispostos a entrar em plena comunhão com a Igreja Católica, embora preservando aspectos compatíveis da sua tradição religiosa. O ordinariato confirmou que Nazir-Ali foi recebido na comunhão católica pelo bispo dom Keith Newton no dia 29 de setembro, festa litúrgica dos Santos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael.

Nazir-Ali nasceu no Paquistão em 1949 e foi criado entre influências familiares tanto cristãs quanto muçulmanas. Foi ordenado clérigo anglicano em 1976, em seu país natal, vindo a ser sagrado como o primeiro bispo anglicano de Raiwind. Anos depois de se transferir para o Reino Unido, foi nomeado bispo anglicano de Rochester em 1994. Casado e com filhos, conforme é permitido pela tradição anglicana, ele também atuou como membro do Parlamento britânico a partir de 1999. Aos 72 anos, ele hoje preside o Centro de Formação, Pesquisa, Defesa e Diálogo de Oxford.

Mais um bispo anglicano se torna católico

Em 3 de setembro, quem confirmou sua plena adesão à fé católica foi o reverendo Jonathan Goodall, que até então era bispo anglicano de Ebbsfleet, na Inglaterra. Na ocaisão, ele anunciou ter tomado a decisão “após um longo período de oração, que foi um dos períodos mais difíceis da minha vida”.

Jonathan Goodall foi o segundo bispo anglicano de Ebbsfleet a aderir plenamente à Igreja Católica. Em 2010, Andrew Burnham havia renunciado àquele bispado anglicano e hoje é pároco católico. Na mesma época, também renunciaram ao episcopado anglicano para se converterem oficialmente ao catolicismo os reverendos Keith Newton, ex-bispo de Richborough, e John Broadhurst, de Fulham.

Antes ainda, o reverendo Graham Leonard, que havia sido bispo de Londres de 1981 até 1991, decidiu aderir plenamente à Igreja Católica em 1993.

Outro caso recente de bispo anglicano convertido ao catolicismo que repercutiu nos meios de comunicação foi o do reverendo Gavin Ashenden, em 2019, porque ele era capelão honorário da rainha da Inglaterra.

Segundo o padre católico James Bradley, do Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham, 12 bispos anglicanos foram recebidos na Igreja Católica desde 1992: “Graham Leonard (Londres); Conrad Meyer; John Klyberg (Fulham); Richard Rutt (Leicester); John Broadhurst (Fulham); Edwin Barnes (Richborough); Keith Newton (Richborough); Andrew Burnham (Ebbsfleet); David Silk; Paul Richardson; John Goddard (Burnley); e Jonathan Goodall (Ebbsfleet)”.

Um dos mais célebres casos de clérigo anglicano convertido ao catolicismo é do cardeal Newman, canonizado pelo Papa Francisco em 2019 como São John Henry Newman. Conheça a sua história acessando o artigo recomendado logo abaixo desta matéria.

Tags:
BisposConversãoIgreja CatólicaTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia