Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 24 Janeiro |
São Feliciano de Foligno
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Como este padre polonês lutou contra a censura comunista

Jerzy Popieluszko

Public Domain

Philip Kosloski - publicado em 19/10/21 - atualizado em 19/10/21

O padre Jerzy Popieluszko ergueu-se contra a censura aos meios de comunicação na Polônia comunista e foi morto por isso

Em 1946, o Escritório Central para o Controle da Imprensa e de Espetáculos foi estabelecido na Polônia, com a missão de garantir que o regime comunista fosse visto favoravelmente, monitorando a publicação de todos os meios de comunicação.

Toda produção editorial e artística era monitorada por censores. E se não combinava com os ideais comunistas, era “corrigida”.

Esse tipo de censura da mídia durou muitos anos na Polônia, mas encontrou um ponto de inflexão durante a década de 1980. Um influente padre polonês, Jerzy Popieluszko, tornou-se protagonista da defesa do acesso à verdade. Suas homilias atraíam grandes multidões, ao mesmo tempo em que eram transmitidas pela Radio Free Europe.

Ele lutou contra o regime comunista e promoveu meios de oposição não violentos.

A justiça e o direito de conhecer a verdade pedem que nós exijamos repetidamente um limite para a tirania da censura.

Pe JERZY POPIELUSZKO

Catalisador

Muitos se uniram ao seu chamado, e seu exemplo se tornou um dos catalisadores para a queda do comunismo na Polônia alguns anos depois.

No entanto, sua voz contra o Partido teve um preço. O padre Jerzy Popieluszko foi assassinado pela Polícia Secreta em 19 de outubro de 1984. Seu assassinato provocou um clamor ainda maior e revelou a decadência do comunismo na Polônia.

Sua morte acabou lhe rendendo o título de mártir, morto em defesa da verdade.

O Papa Bento XVI disse em sua beatificação, em 2010:

Gostaria de recordar outra figura:  Pe. Jerzy Popieluszko, sacerdote e mártir, que foi proclamado Beato precisamente no domingo passado, em Varsóvia. Exerceu o seu ministério generoso e corajoso ao lado de quantos se comprometiam pela liberdade, pela defesa da vida e pela sua dignidade. Esta sua obra ao serviço do bem e da verdade era um sinal de contradição para o regime que então governava a Polónia. O amor do Coração de Cristo levou-o a dar a vida, e o seu testemunho foi semente de uma nova Primavera na Igreja e na sociedade.

O padre Jerzy Popieluszko nos lembra da importância da verdade e do valor da liberdade.

Tags:
PadresPolíticaViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia