Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 22 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Como este padre polonês lutou contra a censura comunista

Jerzy Popieluszko

Public Domain

Philip Kosloski - publicado em 19/10/21

O padre Jerzy Popieluszko ergueu-se contra a censura aos meios de comunicação na Polônia comunista e foi morto por isso

Em 1946, o Escritório Central para o Controle da Imprensa e de Espetáculos foi estabelecido na Polônia, com a missão de garantir que o regime comunista fosse visto favoravelmente, monitorando a publicação de todos os meios de comunicação.

Toda produção editorial e artística era monitorada por censores. E se não combinava com os ideais comunistas, era “corrigida”.

Esse tipo de censura da mídia durou muitos anos na Polônia, mas encontrou um ponto de inflexão durante a década de 1980. Um influente padre polonês, Jerzy Popieluszko, tornou-se protagonista da defesa do acesso à verdade. Suas homilias atraíam grandes multidões, ao mesmo tempo em que eram transmitidas pela Radio Free Europe.

Ele lutou contra o regime comunista e promoveu meios de oposição não violentos.

A justiça e o direito de conhecer a verdade pedem que nós exijamos repetidamente um limite para a tirania da censura.

Pe JERZY POPIELUSZKO

Catalisador

Muitos se uniram ao seu chamado, e seu exemplo se tornou um dos catalisadores para a queda do comunismo na Polônia alguns anos depois.

No entanto, sua voz contra o Partido teve um preço. O padre Jerzy Popieluszko foi assassinado pela Polícia Secreta em 19 de outubro de 1984. Seu assassinato provocou um clamor ainda maior e revelou a decadência do comunismo na Polônia.

Sua morte acabou lhe rendendo o título de mártir, morto em defesa da verdade.

O Papa Bento XVI disse em sua beatificação, em 2010:

Gostaria de recordar outra figura:  Pe. Jerzy Popieluszko, sacerdote e mártir, que foi proclamado Beato precisamente no domingo passado, em Varsóvia. Exerceu o seu ministério generoso e corajoso ao lado de quantos se comprometiam pela liberdade, pela defesa da vida e pela sua dignidade. Esta sua obra ao serviço do bem e da verdade era um sinal de contradição para o regime que então governava a Polónia. O amor do Coração de Cristo levou-o a dar a vida, e o seu testemunho foi semente de uma nova Primavera na Igreja e na sociedade.

O padre Jerzy Popieluszko nos lembra da importância da verdade e do valor da liberdade.

Tags:
PadresPolíticaViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia