Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O outro padroeiro do Brasil: São Pedro de Alcântara

São Pedro de Alcântara, o outro padroeiro do Brasil

CC

São Pedro de Alcântara dá a comunhão a Santa Teresa de Ávila

Francisco Vêneto - publicado em 19/10/21

Sim, temos um especial (e desconhecido) intercessor além de Nossa Senhora Aparecida

Muitos brasileiros não sabem, mas o Brasil tem outro padroeiro oficial além de Nossa Senhora Aparecida – e ele também é celebrado liturgicamente em outubro: o dia 19 marca a memória litúrgica de São Pedro de Alcântara, um frade franciscano nascido espanhol e cuja vida se caracterizou pela penitência e pelas mortificações.

Seu sobrenome vem da cidade onde nasceu em 1499, Alcântara. Cultivador da oração desde pequeno, Pedro descobriu a vocação quando estudava na Universidade de Salamanca. Embora o pai desejasse que ele seguisse carreira na área de Direito, o jovem decidiu entrar na ordem dos franciscanos.

Pedro recebeu a ordenação sacerdotal e era reconhecido como exemplo de vida de oração, desapego material e firme domínio de si, já que exercitava com disciplina o jejum e as mortificações, além de usar um hábito surrado e dormir poucas horas por noite. Foi superior em vários conventos, sempre testemunhando estrita conformidade com as regras da comunidade. Suas orações incentivaram muitos à conversão.

Para que os religiosos se aprofundassem cada vez mais na oração e na disciplina, São Pedro de Alcântara fundou o ramo franciscano de “estrita observância”, também chamados de “alcantarinos”. Teve amigos como os santos Francisco de Borja e Teresa de Ávila, de quem, aliás, foi diretor espiritual e apoiador nas reformas da ordem carmelita.

São Pedro de Alcântara morreu em 1562, aos 63 anos, ajoelhado, pronunciando as palavras do Salmo 121:

“Que alegria quando me disseram: Vamos subir à casa do Senhor”.

Santa Teresa De Ávila declarou ter recebido uma visão de São Pedro de Alcântara após a sua morte, ocasião em que o santo lhe teria dito:

“Felizes sofrimentos e penitência na terra, que me valeram tão grandes recompensas no céu”.

São Pedro de Alcântara, o “outro” padroeiro do Brasil

Mas se ele nunca sequer chegou perto do Brasil presencialmente, como foi que São Pedro de Alcântara veio a se tornar padroeiro do país?

Notável pregador, o frade havia sido também o confessor do rei de Portugal dom João III, vindo a se tornar, depois, o santo de devoção da Família Real. É por isso, inclusive, que o nome de Pedro de Alcântara foi escolhido para batizar os dois futuros imperadores do Brasil: dom Pedro I e dom Pedro II.

E foi dom Pedro I quem solicitou ao Papa Leão XII que São Pedro de Alcântara fosse proclamado Padroeiro do Brasil, o que aconteceu em 1826.

Mesmo com a proclamação de Nossa Senhora Aparecida como a padroeira nacional, São Pedro de Alcântara também continua sendo honrado como especial patrono da nossa terra junto a Deus.

Tags:
BrasilHistóriaSantos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia