Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que não devemos desanimar diante dos sofrimentos?

ZESPŁ ASPERGERA

Serhii Ivashchuk | Shutterstock

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 19/10/21

Tudo vai passar, mas é preciso um esperar ativo no Espírito Santo, confiante em Deus e na presença de Jesus

Deus é bom, Deus é incapaz de não amar, Deus ama sempre e Nele nada existe por acaso. Tudo está inserido no seu plano de amor e na sua providencia divina, até mesmo o mal, como afirma São Tomás de Aquino: “Deus só permite o mal para fazer surgir dele algo melhor”. Por isso, não devemos nos desesperar nem desanimar diante dos sofrimentos.

De tudo que acontece, Deus pode tirar bens se soubermos enfrentá-los com coragem e confiança. É fato que diante da dor e do sofrimento, costumamos questionar a razão de estarmos enfrentando tamanha adversidade. Tenho pregado com frequência que Deus não manda sofrimentos e tribulações, pois Ele é o Sumo bem, a plenitude do amor e um Pai Amoroso que nos quer felizes. Por outro lado, Ele permite a ocorrência de provações, não para que desanimemos e nos sintamos derrotados, mas para aumentar nossa fé e confiança n’Ele.

O sofrimento nos aproxima de Deus

Mesmo em tempos de incerteza, quando existe fé verdadeira, existe confiança, e o sofrimento no aproxima do Senhor. Isso significa que não devemos concentrar nossa atenção somente nas dificuldades quando tudo em nossa vida parece estar dando errado, quando parece que estamos acabando, somos chamados a transpor o impossível. Devemos acreditar no que Deus fará e confiar na Sua providência divina. Vejam a maravilha no Livro do Profeta Jeremias: 

A palavra do Senhor foi dirigida a Jeremias: Eu sou o Senhor, Deus de todas as criaturas. Existe algo impossível para mim?

Jr 32,16-17

Compreendam que não existem problemas que Deus não tenha a solução, na tua vida e na minha. Não existe trauma que Deus não cure, um pecado que Deus não perdoe. Não existe situação em que possa dizer “eu não sou digno do perdão de Deus! Eu não sou merecedor da graça de Deus”. Nós não somos, mas Ele nos ama. E quem ama tudo faz para a felicidade do ser amado.

Nunca desanimar

Esses últimos meses têm sido de grandes tribulações, sejam pelos efeitos da pandemia, perdas de tantas vidas, crise financeira, medo, insegurança e preocupações. O que fazer? O que nos reserva o futuro? Ninguém sabe! O que sabemos é que como filhos amados de Deus, não devemos desanimar, mas sim acreditar de todo coração e com toda nossa alma que Deus provê, Deus proverá!

Tudo vai passar, mas é preciso um esperar ativo no Espírito Santo, confiante em Deus e na presença de Jesus. Se assim nos mantivermos, colheremos os frutos de uma fé provada e vitoriosa.

Tags:
EsperançaSofrimento
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia