Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 24 Janeiro |
São Feliciano de Foligno
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Apple exclui aplicativo da Bíblia a pedido da ditadura comunista chinesa

Regime comunista chinês

TheDigitalArtist / Pixabay

Francisco Vêneto - publicado em 21/10/21

A China tem esmagado reiteradamente a liberdade religiosa com aberta perseguição aos cristãos que não se sujeitam ao regime comunista local

A Apple excluiu um aplicativo da Bíblia a “pedido” da ditadura comunista chinesa. A própria empresa confirmou o fato à rede BBC. O aplicativo teve de ser retirado do catálogo da App Store na China porque as autoridades do Partido Comunista do país alegaram que o seu conteúdo incorria em “ilegalidade”.

Em declarações à BBC, representantes da Apple trataram de justificar o porquê de terem cedido à censura da ditadura comunista chinesa:

“Somos obrigados a cumprir as leis locais. Às vezes há questões complexas sobre as quais podemos discordar de governos e de outras partes interessadas quanto ao caminho certo que deve ser seguido”.

Em sua versão para celulares Android, o mesmo aplicativo da Bíblia (“Bible App by Olive Tree“) tem cerca de um milhão de downloads no Google Play.

Sob o silêncio covarde e cúmplice da ONU e de vários governos que se arrogam funções de paladinos da democracia ocidental, a China tem esmagado reiteradamente a liberdade religiosa com aberta perseguição aos cristãos que não se sujeitam ao regime comunista local.

A China obriga os seus cidadãos católicos a se filiarem à assim chamada Associação Católica Patriótica Chinesa, uma entidade criada e controlada pelo Partido Comunista e que, na realidade, não tem nada de católica: é apenas uma estrutura de controle que visa limitar a autoridade do Papa sobre os católicos no país. A verdadeira Igreja, que mantém a plena comunhão com a Santa Sé, permanece clandestina.

Tags:
BíbliaIdeologiaPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia