Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

O milagre de Padre Pio como resposta a uma carta de João Paulo II

PADRE PIO

KYNA STUDIO | Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 22/10/21

João Paulo II escreveu uma carta ao Padre Pio, pedindo orações por uma mulher doente; o santo capuchinho respondeu em forma de milagre

Em 1947, o recém-ordenado Pe. Karol Wojtyla (João Paulo II) visitou o Padre Pio. Foi um encontro breve, mas Wojtyla nunca se esqueceu daquela visita. Mais tarde, ele escreveu uma carta ao Padre Pio pedindo orações.

De fato, ele redigiu a carta em latim, no ano de 1962. Na época, Wojtyla era bispo na Polônia. Eis um trecho da missiva:

Reverendo Padre, peço-lhe que ore por uma mulher de cerca de 40 anos, mãe de quatro filhas, que passou cinco anos em um campo de concentração na Alemanha durante a guerra. No momento, sua vida está ameaçada por um tumor. Peça a Deus, por intercessão da Santíssima Virgem, que mostre a sua misericórdia para com esta mulher e sua família.

Um milagre de Padre Pio como resposta

João Paulo II nunca recebeu uma carta-resposta do Padre Pio, mas poucos dias depois, aconteceu um milagre. João Paulo II escreveu outra carta ao místico, expressando sua alegria. Diz o texto:

Reverendo Padre, a mulher de Cracóvia foi instantaneamente curada em 21 de novembro, antes da intervenção cirúrgica. Eu dou graças a Deus. Eu também agradeço a ti.”

Não é surpresa, portanto, que São João Paulo II fosse um forte defensor de São Padre Pio, canonizando o frade capuchinho em 2002.

O milagre de Padre Pio como resposta a uma carta de João Paulo II
Leia também:

Tags:
CuraJoão Paulo IIMilagrePadre PioSantos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia