Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Países do G-20 receberam 15 vezes mais vacinas contra covid-19 que países da África

NIGERIA

LUIS TATO/AFP/East News

Reportagem local - publicado em 27/10/21

Nem sequer 5% da população africana foi completamente vacinada até agora

Os países que compõem o G-20, ou grupo das vinte nações mais ricas do mundo em PIB absoluto, receberam 15 vezes mais vacinas contra a covid-19 do que os países da África Subsaariana em termos de doses per capita, segundo um levantamento da empresa de análises científicas Airfinity, com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Além disso, o mesmo estudo apontou que as doses entregues ao G-20 foram três vezes mais numerosas que o total de vacinas distribuídas a todos os outros países do planeta somados.

Segundo Henrietta Fore, diretora executiva do Unicef, “a desigualdade vacinal não está deixando só os países pobres para trás, mas sim o mundo inteiro”. Ela acrescenta que, a seu ver, “na corrida da vacina de covid-19, ou vencemos juntos ou perdemos juntos”.

A agência da ONU também ressalta que só foram entregues até agora 194 milhões das mais de 1,3 bilhão de doses prometidas por países ricos a nações em desevolvimento mediante o consórcio Covax. Devido a esse grande atraso na vacinação, menos de 5% da população africana foi vacinada completamente até agora.

Para o encontro do G-20 que está prestes a ocorrer em Roma neste fim de semana, os 48 embaixadores do Unicef na África apresentaram aos líderes dos 20 países mais ricos uma carta aberta pedindo que cumpram o compromisso de entregar as doses prometidas da vacina contra o novo coronavírus.

Tags:
CovidInformações sobre vacina contra COVID-19Saúde
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia