Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 28 Novembro |
Santos Papiniano e Mansueto, bispos de Vita e Urúsi 
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como reacostumar cães e gatos a ficarem sozinhos

paul-cuoco-GO7QQxIk9NQ-unsplash.jpg

Paul Cuoco | Unsplash | CC0

Octavio Messias - publicado em 31/10/21

A volta à vida normal exige um período de adaptação para o bicho de estimação, que estava acostumado a ter os donos em casa o tempo todo

Há quase um ano e quatro meses, fomos confinados em casa com a chegada da pandemia e muitas pessoas precisaram rever o modo como vivem. Alguns acharam que caberia um pet (gato, cachorro, pássaro etc.) nas rotinas de suas casas, até por sentirem-se sozinhos com o isolamento e buscarem companhia, ou por quererem aproveitar o tempo extra para dedicar ao bicho. Assim, as adoções de animais tiveram um aumento de 50% durante os primeiros meses de quarentena. Os serviços de pet, considerados essenciais desde o início das medidas de isolamento, sentiram um reflexo disso com aumento de 13,5% em 2020. 

Mas agora que muitas pessoas vão deixando o home-office para retornar ao escritório, houve um aumento de 61% nos índices de abandono de animais neste ano.

Como fazer a adaptação

Felizmente, nem todos que adotaram ou compraram pets recentemente, ou entre aqueles que já tinham um pet antes da pandemia, devem seguir esse exemplo, de modo que a volta à vida normal exige um período de adaptação para o bicho de estimação, que a essa altura já está mais do que acostumado a ter o dono em casa o tempo todo. Por isso especialistas desenvolveram uma série de técnicas para tornar essa transição mais suave para o seu melhor amigo.  

Vamos a algumas delas: 

1- Normalize suas saídas

A ansiedade pode ser percebida pelo animal. Por isso é importante tratar cada saída como algo corriqueiro, que não afeta a rotina da casa, e que sempre haverá retorno. Por isso não se despeça nem faça grande alarde ao voltar.

2- Vá aos poucos

Para fazer a transição mais suave, comece a sair aos poucos. Primeiro, vá tomar um café e volte em meia-hora. Depois, faça um passeio de três horas e aumente aos poucos antes de retomar a rotina de passar o período de uma jornada de trabalho longe de casa. Assim, o animal entende que o dono sempre vai voltar. 

3- Crie um bom ambiente

É preciso se esforçar para deixar um ambiente agradável para o cachorro ou gato. Além de água e ração, deixe brinquedos para que ele possa se entreter, especialmente aqueles em que dá para esconder um petisco, assim mantendo o animal ativo e psicologicamente saudável. Dê preferência a locais com espaço e onde pegue sol. Deixe peças usadas como meias para que o bicho sinta o seu cheiro, assim diminuindo sua ansiedade. 

4- Mantenha o animal ativo

Existe um ditado que diz: “cachorro cansado é cachorro feliz”. Nada mais verdadeiro, portanto vale a pena acordar meia-hora mais cedo para passear com o cão antes de ir trabalhar. Assim ele já gasta energia e fica menos ansioso durante o dia. Se tiver um lugar seguro onde possa soltá-lo e deixá-lo brincar com outros cachorros, melhor ainda. Na volta, repita o procedimento. Se estiver sem tempo e tiver condições, serviços de passeador costumam estar disponíveis nos bairros. 

Tags:
AnimaisPandemiaTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia