Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Agosto |
Santo Eônio
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

A morte de Marília Mendonça e um lembrete: “a vida é um sopro”

039_TN220211105048.jpg

Agência Estado via AFP

Ricardo Sanches - publicado em 08/11/21 - atualizado em 08/11/21

A realidade inexorável da morte deve nos fazer lembrar que todos têm um tempo limitado para realizar a vida na terra

A morte da cantora Marília Mendonça chocou os brasileiros. Jovem (ela tinha 26 anos), talentosa e com uma carreira de sucesso, a compositora faleceu em uma tragédia. O avião que a levava para um show, juntamente com mais quatro pessoas, caiu em uma região montanhosa de Minas Gerais.

O alívio da notícia inicial de que ela teria sido resgatada com vida logo deu espaço à tristeza da confirmação da morte. Milhares de fãs ficaram sem entender: como pode uma compositora de talento inigualável, mãe de um filho de quase dois anos e no auge da juventude morrer assim, de forma tão surpreendente?

Mas a frase mais repetida na internet nos últimos dias mostra que, apesar de todo o justificável sofrimento, a morte de Marília Mendonça nos reforça um grande ensinamento: “a vida é um sopro”.

Em meio a lágrimas, essa certeza veio à tona e fez muita gente refletir sobre a brevidade da vida aqui na terra.

A lição da morte de Marília Mendonça: viver o agora

A realidade inexorável da morte deve nos fazer lembrar que todos – artistas, famosos, jovens, velhos, ricos e pobres – têm um tempo limitado para realizar a vida na terra. É como dizem as Sagradas Escrituras:

“Lembra-te do teu Criador nos dias de tua mocidade (…) antes que o pó volte à terra de onde veio, e o sopro volte a Deus que o concedeu”.

Eclesiastes 12, 1.7

Em tragédias como essa, voltamos a nos lembrar que devemos viver o agora, o presente. Mas isso tem que ser colocado em prática. Temos que aproveitar cada segundo da vida (que é eterna, mas que tem um período temporário aqui na terra). Precisamos viver o agora, fazer tudo o que Jesus nos pediu para fazer. Amar e respeitar o próximo, dizer que ama, se importar de verdade, ter tempo de qualidade com quem nos ama.

A morte é, muitas vezes, assustadora. Mas ela passa a deixar de ser quando vivemos cada momento agradecidos pela vida, passando o pouco tempo que temos nos preparando para a eternidade.

Certamente Marília Mendonça fez isso. Em sua curta vida, deixou um grande legado para a família, para os fãs e para a música brasileira.

Sede de eternidade

Em meio à tristeza da perda do ídolo, os fãs de Marília Mendonça também demonstraram a certeza da vida eterna. Nos comentários deixados no próprio perfil da cantora no Instagram, os seguidores externaram a dor, mas também esperança eternidade. “Que Jesus a receba em sua infinita misericórdia”, disse uma fã. Outro seguidor postou: “Estrelas não morrem. Vai com Deus”.

Em uma carta escrita à mão e deixada junto às coroas de flores próximo ao local onde o corpo da artista foi sepultado, o fã Paulo Henrique de Souza escreveu:

“A vida é um sopro. Nunca estamos preparados para as surpresas que a vida nos reserva. Vai com Deus, Marília, nossa Rainha da Sofrência. O Céu encheu-se de luz e uma nova estrela começa a brilhar”.

Para os fãs e a família, Marília Mendonça certamente se transformou naquela “Estrelinha” eternizada na canção que ela cantou com Di Paullo & Paulino em 2018.

Tags:
CelebridadeMortetristezavida eterna
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia