Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Roma se une para o Dia Mundial dos Pobres

JEDZENIE DLA BEZDOMNYCH

Shutterstock

I. Media - publicado em 10/11/21

5 toneladas de macarrão, uma tonelada de arroz e muito mais foram doados para a iniciativa

Missa com o Papa, toneladas de macarrão e molho de tomate, milhares de kits de saúde, ajuda no pagamento de contas de luz… a cidade de Roma se mobiliza para o Dia Mundial dos Pobres, este domingo, seguindo o pedido do Papa Francisco de não esquecer os mais vulneráveis.

O programa deste V Dia Mundial dos Pobres (Francisco estabeleceu o dia durante o Jubileu da Misericórdia) traz uma peregrinação especial do Papa e de um grupo de pessoas em situação de pobreza a Assis, em 12 de novembro.

No próprio Dia Mundial, domingo, 14 de novembro, o Papa celebrará a missa das 10h na Praça de São Pedro. O grupo de Roma é formado por cerca de 2.000 pessoas desfavorecidas, que são assistidas por vários programas sociais na cidade.

Outras iniciativas

Após a missa, uma refeição será distribuída a todos. Outras iniciativas de caridade também estão planejadas na Diocese de Roma.

Em parceria com a rede de supermercados Elite, cestas de alimentos serão distribuídas para cerca de 40 albergues que acolhem mães em dificuldade com seus filhos.

Outras empresas se juntaram à iniciativa e oferecerão um total de cinco toneladas de macarrão, uma tonelada de arroz, duas toneladas de molho de tomate, 1.000 litros de óleo e 3.000 litros de leite, além de produtos para bebês.

Cerca de 5.000 kits de primeiros socorros serão fornecidos a cerca de 60 paróquias romanas, para serem distribuídos às famílias mais pobres.

Dificuldades

Além disso, em um momento em que o aumento de 15% a 30% nos preços da energia pesa muito sobre as famílias italianas, a companhia de seguros UnipolSai ajudará 500 famílias em dificuldade a pagar sua conta de gás e luz.

E em outra iniciativa na Praça de São Pedro, voluntários do Hospital Universitário de Tor Vergata e da Cruz Vermelha Italiana oferecerão testes de hepatite C e HIV durante toda a tarde de 14 de novembro.

Proximidade aos pobres

Na mensagem do Papa para este dia, divulgada em junho, o Papa refletiu:

O rosto de Deus que Ele revela é o de um Pai para os pobres e próximo dos pobres. Toda a obra de Jesus afirma que a pobreza não é fruto duma fatalidade, mas sinal concreto da sua presença no nosso meio. Não O encontramos quando e onde queremos, mas reconhecemo-Lo na vida dos pobres, na sua tribulação e indigência, nas condições por vezes desumanas em que são obrigados a viver. Não me canso de repetir que os pobres são verdadeiros evangelizadores, porque foram os primeiros a ser evangelizados e chamados a partilhar a bem-aventurança do Senhor e o seu Reino. Os pobres de qualquer condição e latitude evangelizam-nos, porque permitem descobrir de modo sempre novo os traços mais genuínos do rosto do Pai. 

Jesus não só está do lado dos pobres, mas também partilha com eles a mesma sorte. Isto constitui também um forte ensinamento para os seus discípulos de todos os tempos. As suas palavras – «sempre tereis pobres entre vós» – pretendem indicar também isto: a sua presença no meio de nós é constante, mas não deve induzir àquela habituação que se torna indiferença, mas empenhar numa partilha de vida que não prevê delegações. Os pobres não são pessoas «externas» à comunidade, mas irmãos e irmãs cujo sofrimento se partilha, para abrandar o seu mal e a marginalização, a fim de lhes ser devolvida a dignidade perdida e garantida a necessária inclusão social. Aliás sabe-se que um gesto de beneficência pressupõe um benfeitor e um beneficiado, enquanto a partilha gera fraternidade. A esmola é ocasional, ao passo que a partilha é duradoura. A primeira corre o risco de gratificar quem a dá e humilhar quem a recebe, enquanto a segunda reforça a solidariedade e cria as premissas necessárias para se alcançar a justiça. Enfim os crentes, quando querem ver Jesus em pessoa e tocá-Lo com a mão, sabem aonde dirigir-se: os pobres são sacramento de Cristo, representam a sua pessoa e apontam para Ele.

Tags:
Doutrina Social da IgrejaJustiçaPobreza
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia