Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho: “nem sempre o que cremos é a verdade como ela é”

Jesus diante de Pilatos: o que é a verdade

Photo: Brigitte Maria Mayer | Copyright: Passionsspiele Oberam

Reportagem local - publicado em 24/11/21

"Um dia saberemos sem os véus que nos impedem de ver tudo como tudo realmente é"

Em sua rede social, o Pe. Zezinho declarou que “nem sempre o que cremos é a verdade como ela é”. Ele chamou as atenções dos leitores para o fato de que muitos comunicadores apresentam as suas próprias opiniões e interpretações da realidade como se fossem a verdade absoluta. Intitulando seu texto como “Os ateus e os pregadores de religião”, o sacerdote brasileiro escreveu:

“Quando leio livros, vejo TV, ouço rádio e abro a internet, o que EU leio é o que aqueles comunicadores escrevem. São as conclusões deles.

Eles pensam, creem e defendem seu pensamento sobre Deus, mas não estão sempre certos. Nem eu também. Por isto eu creio e concluo. Eles também não creem, mas muitos deles também concluem. São interpretações deles ou minhas”.

A verdade como ela é

O padre prosseguiu:

“As verdades existem, mas nem sempre o que cremos é a verdade como ela é. Somos limitados de alma e de raciocínio. São Paulo disse isto de maneira magistral. Um dia saberemos e veremos os fatos tais como eram, ou são, ou como serão! Mas, agora, vemos tudo através do espelho. O reflexo de agora é apenas reflexo. Depois da morte saberemos como é o depois desta vida.

Um dia saberemos sem os véus que nos impedem de ver tudo como tudo realmente é. Isto vale para quem afirma ou nega qualquer verdade sobre o depois da morte. Dizer que sabemos ‘qualquer coisa’ com certeza absoluta é arriscado. Para nós e para eles. Então dialogamos sem chamar os outros de apelidos desrespeitosos. Não sabemos como será o nosso depois. Apenas cremos e esperamos!”.

Tags:
FilosofiaIdeologiaReligiãoVerdade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia